MENU

03/08/2021 às 17h43min - Atualizada em 03/08/2021 às 17h43min

Prefeitura e Steei dialogam sobre a volta às aulas

Semed retificou a necessidade de garantir a segurança dos profissionais, destacando que até agora apenas 36% dos servidores da educação receberam a aplicação da 2ª dose da vacina

Sara Ribeiro
Secretaria de Educação
Durante a reunião, o secretário José Antônio também anunciou a implantação de um centro de saúde psicossocial e da voz exclusivo ao servidor da educação, com equipe multiprofissional - Foto: Assessoria
 
Secretário de Educação, José Antonio Pereira, reuniu-se com representantes do Sindicato dos trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Imperatriz (Steei) e Conselho Municipal de Educação (CME) para diálogo sobre a volta às aulas presenciais da rede municipal e carga horária de servidores.

Com a liberação do Governo do Estado sobre a retomada das aulas presenciais, criou-se a expectativa do posicionamento do Município sobre o assunto.

Sensato em suas decisões, amparadas pela aprovação do prefeito Assis Ramos, o secretário retificou a necessidade de garantir a segurança dos profissionais, destacando que até agora apenas 36% dos servidores da educação receberam a aplicação da 2ª dose da vacina contra a Covid-19. “Não é prudente exigir o retorno presencial ou híbrido com volume muito grande de profissionais sem a segunda dose”.

Sobre a carga horária dos profissionais que voltou a ser cumprida em período integral após a liberação do Município, por meio do decreto n° 53/2021, a Secretaria ficou de avaliar a necessidade de revezamento ou não. “Apresentamos as nossas considerações ao secretário e pedimos a redução da carga-horária para os servidores, medidas preventivas de saúde, até que haja segurança e estabilidade para o retorno geral. Sabendo da prudência do secretário, vamos aguardar sua análise do assunto”, destacou Francisco Messias, presidente Steei.

Durante a reunião, o secretário José Antônio também anunciou a implantação de um centro de saúde psicossocial e da voz exclusivo ao servidor da educação, com equipe multiprofissional com psicólogo, otorrino, psiquiatra, fonoaudiólogo, assistente social. Atendimento específico não só para professores, mas todos os servidores da educação.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...