MENU

28/07/2021 às 19h39min - Atualizada em 28/07/2021 às 19h39min

SENAI disponibiliza plataforma de empregabilidade gratuita

A meta é cadastrar estudantes oriundos do SENAI e da comunidade em geral

Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA
Foto: Divulgação
 
SÃO LUÍS –
O desemprego mantém recorde de 14,7%, segundo o IBGE. Total de desocupados chega a 14,8 milhões de pessoas. O número de pessoas desempregadas no Brasil subiu 3,4% no trimestre encerrado em abril deste ano, elevando a taxa de desocupação para 14,7%. Frente ao trimestre encerrado em janeiro, quando a taxa ficou em 14,2%, o aumento foi de 0,4 ponto percentual, o que representa mais 489 mil pessoas desocupadas, totalizando 14,8 milhões de pessoas em busca de trabalho no país. A alta ante o mesmo trimestre móvel de 2020 é de 2,1 pontos percentuais.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada em agosto pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Na contramão dessa perspectiva e com o objetivo de promover um intercâmbio entre alunos, ex-alunos, comunidade e as empresas industriais que buscam profissionais no mercado, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) possui uma plataforma digital onde esses jovens podem cadastrar seus currículos pela internet ou aplicativo de celular. 

Trata-se do Contrate.me, uma parceria entre o SENAI e a plataforma de empregabilidade SPECK, cujo foco é garantir que as oportunidades de emprego da Indústria encontrem os alunos, ex-alunos e futuros alunos do SENAI. 

Dentro da plataforma, o candidato completa seu perfil em duas etapas importantes: entrevista virtual, para conhecer as suas características socioemocionais e habilidades técnicas, seu currículo e sua jornada profissional.

A plataforma, então, verifica a compatibilidade do perfil do candidato às vagas das empresas cadastradas e faz essa conexão totalmente gratuita. Para acessar a plataforma, basta o candidato entrar no site www.mundo senai. com.br e clicar no link contrate-me. 

“Desde a sua criação, o SENAI-MA atua de forma articulada com as indústrias, estudando as demandas de mercado e envolvendo os técnicos das empresas na concepção de perfis profissionais de conclusão do curso para atendimento das suas necessidades”, destacou o diretor regional do SENAI, Raimundo Arruda. 

Na globalização dos mercados e na internacionalização dos processos produtivos terá melhor oportunidade aquele mais bem preparado, mais adaptado, dotado de flexibilidade, resiliência e capacidade de convergência para acompanhar as tendências e saber inovar, contribuindo para a superação de problemas e apresentando-se como “indispensável” num mercado tão competitivo.

SITES FALSOS – Ao longo do ano sites falsos estão divulgando supostas vagas de emprego no Serviço Social da Indústria (SESI) e no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) em todo o Brasil. A maioria desses links induzem as pessoas a fazer um cadastro, fornecendo vários dados pessoais. Além disso, quando a inscrição é feita pelo celular, o site falso também pede o compartilhamento do link, com vagas que não existem, pelo WhatsApp.

“Fique atento. Com essa nova ferramenta queremos que as pessoas não acessem esses links falsos e nem compartilhem essas informações. Se vir algum anúncio de vaga de emprego no SESI ou no SENAI, certifique-se que as oportunidades existem nos sites e nas redes sociais oficiais das instituições no Estado e faça seu cadastro único no Contrate-me”, destacou o diretor regional do SENAI, Raimundo Arruda.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...