MENU

26/07/2021 às 10h46min - Atualizada em 27/07/2021 às 00h00min

Demanda por profissionais de TI aquece na pandemia e se torna opção para quem deseja mudar de carreira

Especialista dá dicas para pessoas que almejam transição profissional durante a pandemia e conquistar uma posição de destaque na área

Da Redação
SALA DA NOTÍCIA

Realizar a transição de carreira sempre foi algo desafiador para os profissionais. Com a chegada da pandemia, mesmo diante de um cenário que exige maior cautela para eventuais mudanças, esse foi o período em que mais brasileiros passaram a considerar a existência de um propósito profissional. Em outras palavras, algo que traga motivação e novos desafios para o dia a dia no trabalho. O dado é corroborado por uma pesquisa realizada pela Kaspersky, no qual aponta que 53% dos brasileiros consideram mudar de emprego devido à pandemia.

Do outro lado da moeda, as empresas também passaram a aumentar a busca por profissionais no período, principalmente na área de Tecnologia da Informação. Apenas em 2020, um levantamento da Catho apontou um crescimento de 174% na procura por desenvolvedores e de 252% na posição de cientista de dados. O relatório aponta que essa explosão da demanda ocorreu por conta da necessidade das empresas na adaptação ao trabalho remoto, garantir a segurança da informação e preservar a sustentabilidade das operações.

Neste contexto, os bootcamps de tecnologia ganharam mais notoriedade, já que são cursos intensivos recomendados para quem procura uma formação rápida e eficaz na área. De acordo com os últimos resultados publicados pela Ironhack, escola global de tecnologia e programação, 89% dos estudantes foram empregados no prazo de 180 dias após a graduação. Um exemplo disso foi Wagner Franca, que atuava como funileiro automotivo em uma fabricante de carros, e optou por fazer o bootcamp de Data Analytics da Ironhack São Paulo para se especializar na área de tecnologia. Hoje, o profissional atua como analista de dados e conseguiu a recolocação antes mesmo do curso acabar. “O bootcamp me ajudou de várias formas, não só com o conhecimento, mas também com a troca de experiências entre alunos de diversas áreas e países. Esse compartilhamento nos fez entender um pouco de como seria o dia a dia nas diversas áreas que estávamos estudando”, explica Franca. 

Para Richard Vasconcelos, especialista em Educação e Recursos Humanos e CEO da LEO Learning, empresa de soluções digitais para treinamentos corporativos, esses cursos rápidos são indispensáveis para quem está fazendo a transição de carreira. “Este não é o momento de investir em graduação de longa duração. Por ser uma área muito técnica, quem não está acostumado pode acabar perdendo a vontade de aprender. Por isso, cursos técnicos de menor duração, workshops e até mesmo vídeos educativos no YouTube são as principais ferramentas para quem busca conhecer a área de TI”, explica Vasconcelos.

Outro ponto destacado pelo especialista é a importância de conhecer as opções de carreira dentro da área da tecnologia. Cada uma delas possui detalhes técnicos e uma linguagem específica. Uma dica para entender bem esses diferenciais é pesquisar as qualificações que o mercado de trabalho tem buscado nos profissionais e, assim, decidir qual a área mais adequada para investir.

Vasconcelos alerta ainda que hoje não basta aos profissionais apenas se especializar em uma determinada vertente de atuação, mas também desenvolver habilidades técnicas. “As competências comportamentais são extremamente necessárias. Muitas vezes as pessoas são contratadas pelo conhecimento, mas deixam a desejar no comportamento. Por isso, desenvolver soft skills ajuda a manter o profissional na empresa e até mesmo a crescer na área”, relata. “Muitos profissionais de TI têm dificuldades em se comunicar, gerir e liderar pessoas. Investir em cursos de comunicação e oratória são caminhos que podem ajudá-los a se desenvolver e obter sucesso na carreira”, finaliza

Sobre a Ironhack
A Ironhack é uma escola de tecnologia global de renome internacional, que oferece bootcamps e cursos imersivos em Desenvolvimento Web, UX/UI Design, Data Analytics e Cibersegurança. Com campus em Madrid, Barcelona, Miami, Paris, Cidade do México, Berlim, Amsterdam, São Paulo e Lisboa, a Ironhack ajudou mais de 8.000 estudantes a escrever as suas histórias de vida através da tecnologia. Hoje em dia, a Ironhack auxilia também algumas das melhores empresas do mundo a contratar, treinar e reter talentos de alta tecnologia, incluindo marcas como a Microsoft, Visa, Capgemini, Siemens e Santander. Mais informações: https://www.ironhack.com.br

 
Sobre Richard Vasconcelos
Richard Vasconcelos é  CEO e sócio fundador da LEO Learning Brasil, uma das principais empresas de educação corporativa digital no país. Especialista em educação e Recursos Humanos há mais de 15 anos, é reconhecido por implementar estratégias inclusivas dentro do ambiente de trabalho, apostando na diversidade cultural. Neto do fundador da universidade Estácio e Mestre em Tecnologias Educacionais pela University of Oxford atuou na implantação do ensino a distância na instituição até 2009. Fundador e investidor de outras startups de tecnologia educacional, foi CEO e sócio da rede de escolas de inglês Britannia, vendida para a Cultura Inglesa em 2018.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...