MENU

20/07/2021 às 20h12min - Atualizada em 20/07/2021 às 20h12min

Mesmo com baixa taxa de ocupação, Hospital Municipal de Campanha segue aberto em Imperatriz

Dos 59 leitos, apenas cinco estão ocupados nesta terça-feira

Maria Almeida - Ascom
Inaugurado em 26 de abril de 2020, o Hospital Municipal de Campanha de Imperatriz, HMC, foi o primeiro inaugurado no Maranhão - Foto: Edmara Silva
Com 49 leitos de enfermaria e 10 de UTI, Hospital Municipal de Campanha completa um ano e três meses de portas abertas, de forma ininterrupta em  Imperatriz, mesmo atendendo uma baixíssima demanda.  Com taxa de ocupação em queda, unidade registra um número de pacientes cada vez menor nas enfermarias e UTI´s. 

Nesta terça feira, 20, apenas cinco pessoas estão internadas. Destas, uma de  Imperatriz e as demais são de Cidelândia, Buriticupu, Bom Jesus das Selvas e Açailândia. No sistema de Regulação de Leitos, que recebe pedidos de diversas partes do estado, para os quatro hospitais referência da Covid-19 (Macro, Regional Materno Infantil, HMC e Hospital de Campanha do Estado) há somente três solicitações de hoje, sendo uma de Imperatriz, e duas dos municípios de Porto Franco e Açailândia. 

Segundo a secretária Mariana Jales, a tendência é que os números continuem em queda na cidade de Imperatriz, devido às estratégias de controle da doença adotadas pelo município, bem como o avanço da vacinação, que chega nos próximos dias na faixa etária dos 20 anos. Ela ressalta que para manter o HMC aberto, com a estrutura que se tem hoje, os custos são altos.

“Só para manter os plantões do hospital temos um custo de folha com 22 profissionais por dia na escala.

Mantivemos o HMC aberto desde abril do ano passado por entendermos a necessidade da população. Mesmo quando diversas cidades fecharam os seus, nós continuamos atendendo, porque tínhamos uma demanda e ainda não existia a vacina. Agora o cenário mudou, graças a Deus temos uma decrescente e cada vez menos pessoas precisando dessa unidade”, comentou.

Com a diminuição drástica da taxa de ocupação e o crescente aumento da cobertura vacinal contra a Covid-19, a Prefeitura já esquematiza um remanejamento de leitos. “Se continuarmos com os índices em queda, podemos desativar o Hospital de Campanha e realocar leitos em outras unidades de acordo com a demanda”, informou Mariana.

Inaugurado em 26 de abril de 2020, o Hospital Municipal de Campanha de  Imperatriz, HMC, foi o primeiro inaugurado no Maranhão, e é um dos mais completos da região com 49 leitos de enfermagem e 10 de UTI, equipados com respiradores, aparelhos de gasometria e raio X portátil. Além disso, a unidade conta com rede de oxigênio para os leitos de UTI e fornecimento de balões de oxigênio para os leitos de enfermaria.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...