MENU

04/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 04/09/2020 às 00h00min

Peixe Pedra: De quase rebaixado para um dos quatro candidatos ao título em 2020

Afonso Diniz
Carlos Ferro, técnico do São José - Foto: Ronald Felipe/São José
Para quem não era favorito e lutou até a última rodada para não cair e disputa uma vaga na final do Estadual cai muito bem. Essa é a situação do São José. De quase rebaixado no Maranhense para um dos quatro candidatos ao título.
Nesse contexto, motivação é o que não falta na equipe balneária. O técnico do Peixe Pedra, Carlos Ferro, faz questão de destacar isso e ainda acrescentar as possibilidades futuras que o São José pode alcançar caso avance para a grande final do Campeonato Maranhense.
“Estamos motivados, demais. Porque agora vale Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Série D, então não tem motivação maior do que você levar o seu trabalho de nível regional para nível nacional. A gente sabe do potencial do Moto Club, embora esteja parado, mas sabemos a dificuldade que iremos encontrar”, disse o treinador.
Para a partida de ida da semifinal do Maranhense, contra o Moto, a equipe balneária comemora a volta do volante Abu após o atleta cumprir suspensão, mas não terá um dos destaques da equipe, Gabriel Popó, que recebeu o terceiro amarelo. O São José deve enfrentar o Moto com: Laert; Gustavo, Diguinho, Anderson e Brenno; Codó, Abu, Ilhinha e Kleo; Guma e Masset.
A partida de ida da semifinal do Maranhense entre São José e Moto será realizada neste sábado, às 15h30. O confronto será realizado estádio Nhozinho no Santos, que será reaberto depois de mais de dois anos fechado para reforma. (Afonso Diniz)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...