MENU

09/07/2021 às 18h01min - Atualizada em 09/07/2021 às 18h01min

Imperatriz se torna referência ambiental para cidades do norte e nordeste do Brasil

Municípios do Maranhão, Roraima e Pará já estiveram em busca de conhecimento de boas praticas ambientais implantadas pela Semmarh

Léo Costa
AssCom Semmarh
Técnicos ambientais de Imperatriz e Dom Eliseu em troca de experiência na sede da Semmarh (Foto: Léo Costa)

  
Premiada em 2019 como referência em medidas sustentáveis, evento promovido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Sema, com foco no desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas, ONU, Imperatriz continua se destacando como um dos principais municípios das regiões Norte e Nordeste brasileiro em gestão ambiental. Por esse destaque cidades do Maranhão, Roraima e Pará tem procurado conhecimentos de boas práticas implantadas pela Prefeitura. 

“Essa troca de experiência entre os municípios é de suma importância para se reverter o quadro. Os problemas podem ser parecidos e as soluções, compartilhadas. Além disso, é possível construir ações em conjunto, favorecendo um impacto positivo no meio ambiente. As mudanças começam em escala local, mas podem chegar a transformar todo o país", enfatizou a titular da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Semmarh, Rosa Arruda. 

Durante a semana, a Secretaria de Meio Ambiente de Imperatriz recebeu visitas dos secretários municipais, João Paulo Lima, de Sitio Novo do Maranhão, Adálio Vitorino Silva Júnior, de Dom Eliseu, no nordeste do Pará, e técnicos ambientais dos dois municípios.

Durante o processo de troca de experiência, representantes da cidade paraense conheceram o trabalho de coleta seletiva em visita ao Ponto de Entrega Voluntária, PEV, da Vila Cafeteira e Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis, Ascamari, pra onde é destinado o material coletado pela Prefeitura.

“Objetivo principal é trocar experiência. Conhecer o trabalho que está sendo realizado através da Secretaria de Meio Ambiente, em especial sobre o projeto de coleta seletiva e outras ações que vem sendo desenvolvidas em Imperatriz e que através desta visita poder trabalhar algumas ações em nosso município”, disse Adálio Júnior.

O secretário de Sítio Novo Maranhão, engenheiro florestal João Paulo Lima, também destacou que “a finalidade foi conhecer a estrutura da Secretaria de Meio Ambiente de Imperatriz, buscando conhecimento para que futuramente sejam implementados projetos em Sítio Novo, como por exemplo, Código ambiental municipal e habilitação da Secretaria de Meio Ambiente de Sítio Novo para a emissão de licenciamento ambiental”, disse João Paulo.

Além das visitas de Sitio Novo Maranhão e do município paraense de Dom Eliseu, outras cidades também já trocaram experiência e se tornaram parceiros de Imperatriz, dentre as quais, São Francisco do Brejão, Estreito, Senador La Rocque, Davinópolis, Açailândia, Grajaú, Porto Franco, Governador Edison Lobão, João Lisboa, Montes Altos, Ribamar Fiquene, ambas no Maranhão, e Caroebe, no interior de Roraima.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...