MENU

05/07/2021 às 19h54min - Atualizada em 05/07/2021 às 19h54min

Vereadores receberam governador Flávio Dino

Sidney Rodrigues
ASSIMP
Vereadores receberam o Governador Flávio Dino nas entregas da mais nova estrutura da UEMASUL, no centro de Imperatriz e da AIL na Praça da Cultura - Fotos: Sidney Rodrigues
  
Na tarde da última quinta, 1° de julho, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), foi recebido em Imperatriz por apoiadores, lideranças, a comunidade acadêmica e vereadores de Imperatriz, para a entrega do prédio onde irá funcionar o mais novo CAMPUS DA UEMASUL (Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão), que anteriormente era a Universidade Pitágoras. Foi entregue também a reforma completa da ACADEMIA IMPERATRIZENSE DE LETRAS.
 
A entrega contou ainda com as presenças dos deputados estaduais Antônio Pereira, Marco Aurélio, o vice-governador Carlos Brandão, Elizabeth Nunes Fernandes, reitora da UEMASUL (que em ato simbólico recebeu a chave do imóvel) e vários prefeitos da região. 
 
A concretização da realização de mais um sonho, na busca da autonomia da educação no Sul do Maranhão, assim classificou o Governador.
 
Há 4 anos e meio, através de uma grande mobilização, uma das mais novas universidade do Brasil foi criada, logo após sua descentralização, foi feita uma reforma no antigo prédio da UEMA. Veio o curso de medicina e agora o governo está na iminência de entregar o Centro de Ciências Agrárias da UEMA, no Colinas Park e hoje conseguiu as condições de entregar este novo prédio, que foi adquirido para ajudar na expansão do ensino superior com qualidade não só humana, mas estrutural. Com isso Imperatriz caminha, estruturalmente, para ser o segundo maior centro de formação médica no Maranhão, algo muito importante e precioso, que precisa de investimentos permanentes.
 
É um esforço coletivo de governo, vereadores, deputados, lideranças e prefeitos da região. Esta nova estrutura impacta a educação de várias cidades. Um sonho que se concretiza. 
 
Clayton Noleto, secretário de Infraestrutura do Estado, revelou que conversando com o Prefeito Assis Ramos (DEM), estão vendo a possibilidade e viabilidade jurídica e técnica para fecharem a Rua Godofredo Viana em frente as duas universidades e fazerem a consolidação dos dois prédios, transformando o espaço em um grande complexo de Educação Superior, mas não há nada certo ainda nesse sentido.
 
O governador disse que é a primeira vez que vem a Imperatriz e não encontra seu pai (vítima da Covid em agosto do ano passado). Uma lembrança muito triste. Ele gostaria de estar fazendo um evento diferente, sem restrições e distanciamento, mas o seu dever é dizer que o coronavírus não foi embora, continua matando e a prudência deve ser mantida.
 
“O primeiro projeto de lei criando uma universidade na região tocantina, foi feita pelo então deputado Sálvio Dino, ele que tanto se orgulhava de ser membro da Academia Imperatrizense de Letras, realmente se comprovou ser um imortal através da educação. A semente que ele plantou, está viva. Não existe educação sem investimentos, não se consegue resolver tudo, mas um governo deve saber aquilo que abre portas e a educação faz isso. Esta universidade consolidada é uma das mais importantes desde que assumi o Maranhão. Muitos disseram que era impossível. Mas viemos e fizemos, contra tudo e todos pois acreditamos na importância dos resultados. A UEMASUL entra para a história, como a instituição de ensino superior que mais rapidamente foi criada e se consolidou. Dezenas de nomeações de professores, cursos aprovados, reformas e construções. 
 
Os governos passam, eu sou governador por um tempo, mas décadas se passarão e a universidade continuará formando jovens e novas gerações dessa região. 
 
Desejo que esse investimento signifique mais vagas, mais oportunidades não só para Imperatriz, mas para toda a macrorregião com cursos, treinamentos, capacitação, empregos, fomento de emprego e renda. Todos são iguais quando o assunto é direito à educação. Que tudo isso seja concretizado com essa universidade”,disse.
 
Em meio a pandemia o Governo do Maranhão está entregando benefícios importantes e permanentes, que jamais serão esquecidos pelas gerações futuras. O Governador informou que as instalações tiveram um custo de R$ 33 milhões de reais ao Estado, para que sejam criadas mais vagas para a juventude estudar, aprender mais e desenvolver a economia com conhecimento, pesquisa, ciência e tecnologia, consolidando a UEMASUL como uma semente de desenvolvimento do saber.
 
Logo em seguida, já no início da noite, na praça da Cultura, confrades e confreiras da Academia Imperatrizense de Letras, receberam a reforma do prédio. O Governador reiterou que seu único lamento era que seu pai não pudesse ver a sede da AIL pronta. “Sálvio Dino se tornou verdadeiramente imortal, deve estar na entrada olhando o movimento. Esse amor e respeito que manteve até o fim pela região tocantina é que me dão força e determinação para que tudo que for feito em São Luís, seja feito aqui também, pois meu pai sempre teve Imperatriz como a segunda capital do Maranhão”, finalizou o Governador.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...