MENU

03/07/2021 às 13h46min - Atualizada em 03/07/2021 às 13h46min

PC-CE prende em flagrante suspeito de tentativa de feminicídio na Caucaia

Ascom PC/CE
Foto: Divulgação/Ascom PC/CE
  
Um rápido trabalho da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), por meio da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da Caucaia, resultou na prisão em flagrante de um homem de 41 anos. O alvo é suspeito de tentar contra a vida da sua companheira, uma mulher de 28 anos. O crime foi registrado na noite da última quinta-feira (1°), em Caucaia- Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11) do Estado, já a captura ocorreu nessa sexta-feira (2), em uma rodoviária situada em Fortaleza.

De posse das informações sobre o crime, uma equipe de policiais civis iniciou diligências ininterruptas para colher informações sobre o caso, bem como localizar o suspeito do crime. Com base em oitivas e informações sobre o fato, os investigadores lograram êxito na localização do homem de 41 anos. Segundo informações policiais, o investigado desferiu golpes de faca contra sua companheira, uma mulher de 28, após uma discussão por afazeres domésticos.

A vítima conseguiu se desvencilhar das agressões e foi socorrida por vizinhos e levada para uma unidade hospitalar. Já o homem, que é natural da Bahia, foi localizado, na tarde dessa sexta-feira (2), em uma rodoviária no momento em que tentava voltar para sua terra natal. Ele, que não reagiu à ofensiva policial e confessou a autoria do crime, foi conduzido à especializada. Na unidade, o suspeito foi autuado em flagrante por tentativa de feminicídio.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.
As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3101-7926, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da Caucaia. O sigilo e o anonimato são garantidos.
O nome do homem não será divulgado visando preservar a identificação da vítima

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...