MENU

30/06/2021 às 15h46min - Atualizada em 01/07/2021 às 00h00min

Freeletics anuncia parceria com Fnatic para ajudar gamers com performance mental e física

A parceria, que conta com a participação dos talentos do Counter-Strike JW e Jackinho, terá como foco treinamentos físicos, mentais e também nos jogos

Isabela Rodrigues
SALA DA NOTÍCIA

O  Freeletics, aplicativo líder em exercícios físicos e estilo de vida, anunciou hoje uma nova parceria com o time de eSports Fnatic. A união das duas marcas tem como objetivo melhorar a performance dos gamers por meio de treinos de condicionamento físico e mental. Além disso, a parceria visa quebrar o tabu de que atletas de eSports não possuem hábitos saudáveis e que, de alguma forma, isso não influencia no desempenho dentro das telas.

Criada em colaboração com a Unidade de Alto Desempenho do Fnatic, a parceria foi anunciada com a campanha intitulada “The Extra Mile” (a milha extra, em português), em que os talentos do Fnatic de Counter-Strike, JW e Jackinho, contam a história dos jogadores e o esforço que eles continuamente colocam nos bastidores para aproveitar o sucesso na frente das multidões.  

"Desenvolvimento contínuo e trabalho árduo em direção a uma meta definida são os objetivos que Freeletics e Fnatic têm em comum", explica Daniel Sobhani, CEO do Freeletics. "Isso significa nunca desistir e esforçar-se para alcançar o sucesso constantemente. Estamos muito animados para ver como seremos capazes de capacitar esse público dinâmico e alcançar o domínio físico e mental juntos", completa. 

Com a ajuda do diretor da Unidade de Alto Desempenho do Fnatic, Jens Hofer, as duas marcas têm trabalhado juntas para criar um ambiente voltado para a performance para os jogadores. “O desempenho dos eSports modernos exige muito dos jogadores, tanto no universo online quanto em suas vidas diárias”, diz Hofer. “Estamos felizes em fazer essa parceria com o Freeletics para ajudar a mostrar os benefícios da aptidão física e mental para o desempenho no jogo, não apenas para nossos profissionais de alto nível, mas também para os jogadores do dia a dia”, destaca. 

Para Sobhani, ir além e trabalhar todos os dias é o que desbloqueia o próximo nível de potencial de um jogador - algo que os esportes e eSports compartilham em sua essência. “Juntas, as duas marcas trabalharão para quebrar barreiras e estereótipos em torno da indústria de jogos para mostrar que viver um estilo de vida ativo e em forma é a chave para atingir os objetivos, não importa a atividade”, conclui. 

Crescimento exponencial

Durante o isolamento social, muitas pessoas encontraram uma forma de distração e autocuidado na prática de atividades físicas e de bem-estar. Os aplicativos de exercícios se tornaram essenciais para quem passou a se exercitar dentro de casa, e o  Freeletics é prova disso. Completando oito anos no mercado, a empresa registrou mais de um milhão de novos usuários brasileiros durante a quarentena, totalizando 3,6 milhões de clientes. O resultado coloca o Brasil como um dos principais mercados do aplicativo alemão no mundo.

Em um ano, o Freeletics ganhou mais de nove milhões de usuários globalmente, atingindo mais de 51 milhões de registros em mais de 175 países. No fim do ano passado, a marca recebeu um investimento de US$ 25 milhões para inovação de produtos e expansão global, com rodada liderada pela JAZZ Venture Partners e pela Causeway Media Partners, baseadas nos EUA, com o apoio do Grupo KKCG.

Guiado pela tecnologia de Inteligência Artificial (IA), o aplicativo oferece uma variedade de combinações de treinos quase infinita, que são criados especificamente para cada usuário, com com base nas informações que o algoritmo do coach inteligente aprende com o usuário em cada exercício.. Quem se inscreve seleciona suas três metas principais - como “perder peso”, “aliviar estresse”, “aumentar a resistência” e “melhorar sua força mental” - e indica nível de condicionamento, peso, altura e a forma como deseja realizar os exercícios - em casa, com ou sem equipamentos, e com ou sem corridas ao ar livre. Com esses dados, a tecnologia elabora uma jornada de treinos personalizada, que pode ser adaptada a qualquer hora, em qualquer dia, para se adequar à situação do usuário.

Os usuários brasileiros

Com 3,6 milhões de usuários no Brasil, o Freeletics registrou mais de 143 mil planos de treinamento desde o início da quarentena, em março de 2020. Os objetivos mais populares entre os brasileiros, que possuem idade média de 27 anos, são queimar gordura, ganhar músculos e melhorar o condicionamento físico.

O dia da semana que mais registra a prática de exercícios físicos é terça-feira, seguido por quarta e quinta-feira. O horário preferido dos brasileiros é entre 18h e 19h, após o expediente. A maior parte dos usuários, 26,31%, treina um dia por semana, seguida por dois dias (24,08%) e três dias (23,21%).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...