MENU

23/06/2021 às 19h21min - Atualizada em 23/06/2021 às 19h21min

Estudantes do SESI do Maranhão se preparam para etapa nacional do Torneio SESI de Robótica on-line

Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA
Maranhão será representado por equipes de São Luís e Imperatriz neste sábado - Fotos: Divulgação
 
SÃO LUÍS – Por causa da pandemia, as competições de robótica da FIRST e da F1 acontecerão remotamente neste sábado, 26 de junho, organizados pelo Serviço Social da Indústria (SESI). Os torneios da FIRST LEGO League Challenge (FLL) e   F1 in Schools estimulam estudantes de 9 a 19 anos a utilizarem temas diversos como engenharia, programação, marketing e projetos sociais nas disputas, além de estimular a criatividade, imaginação e o pensamento crítico. 

Mas com a pandemia do coronavírus, o Festival SESI de Robótica será realizado totalmente online, com transmissão do Festival SESI de Robótica nos perfis do Festival no Instagram e Facebook. 

MA - Duas equipes do Maranhão (Robotic´s Angels – Imperatriz, e Iron League- São Luís), garantiram vaga e disputam o campeonato nacional de robótica.  

“NA FLL conheci valores que eu quero carregar para vida toda e os conhecimentos também. Nossa equipe foi muito bem no Core Values, que são os valores centrais do torneio, no design do robô e no projeto de inovação que foi elogiado pelos juízes do torneio”, destaca a aluna do SESI de Imperatriz, Gabriela Santos, da equipe Robotic´s Angel´s que disputará a etapa nacional.  

“Estamos trabalhando para apresentar um melhor resultado na etapa nacional. Foi um ano de superação de todas as dificuldades”, destacou a professora Conceição Oliveira, professora de robótica da equipe do SESI de Imperatriz. 
 A temporada 2021 tem o tema RePLAY e o objetivo é incentivar a prática de atividades físicas para garantir uma qualidade de vida melhor, evitar o sedentarismo e promover a saúde. Deste modo, os participantes devem pensar em formas inovadoras de motivar e tornar as pessoas mais ativas. Este é o primeiro critério de avaliação: Projeto de Inovação. É no Desafio do Robô que vemos a magia dos projetos. As equipes colocam em prática o que foi idealizado e o robô realiza 15 missões específicas, tais como: capturar, transportar, ativar ou entregar objetos em um tapete oficial da competição.   

Cada time fará a transmissão e gravação de um round teste e 3 rounds oficiais para completar o máximo de tarefas possíveis durante 2 minutos e 30 segundos.   

F1 – Além da FLL, o SESI disputa o F1 Schools com quatros equipes do Maranhão, 3 de São Luís e uma de Imperatriz. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...