MENU

22/06/2021 às 21h44min - Atualizada em 22/06/2021 às 21h44min

Obras da Escola Estadual de Tempo Integral de Araguatins estão em andamento depois de 8 anos parada

A unidade de ensino contará com uma ampla estrutura para atender 1.500 estudantes

Governo do Tocantins/Claúdio Paixão
Foto: Governo do Tocantins/Márcio Vieira

O governador Mauro Carlesse e a titular da Secretaria de Estado da Educação Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, estiveram nesta terça-feira, 22, na obra da Escola Estadual de Tempo Integral (ETI) de Araguatins para acompanhar o andamento da construção. Retomada em 17 de outubro de 2020, a obra da unidade de ensino está em plena execução tendo um avanço de cerca de 20% dos trabalhos.

Com o objetivo de garantir o acesso da população a espaços cada vez mais propícios à aprendizagem, o Governo do Tocantins tem trabalhado para garantir a conclusão de importantes obras da educação. “Esse é um momento histórico, uma obra que estava paralisada há mais de 8 anos e que, hoje, está em total andamento e, em breve, iremos entregar para a população. Uma escola para 1.500 alunos e que será muito bem estruturada”, ressaltou o governador do Estado do Tocantins.

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, destacou que a exemplo da ETI de Araguatins outras obras foram retomadas. “Em Araguaína, concluímos a ETI do Setor Maracanã e retomamos as obras do Setor Nova Araguaína; retomamos as obras da ETI de Palmas e, em breve, iremos dar Ordem de Serviço para que sejam retomadas as obras da escola de Pedro Afonso. Todas as obras iniciadas em 2013 e que agora serão entregues para a população”, apontou.

Obra
O retorno das obras só foi possível graças à articulação do Governo do Tocantins, por meio da Seduc, com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que possibilitou a realização de um novo processo licitatório para execução das obras. O novo contrato foi no valor de R$ 8.606.155,58, sendo R$ 4.454.647,80 do convênio e R$ 4.151.507,78 de recurso próprio do Estado.

A unidade de ensino possuirá capacidade para atender 1.500 estudantes. A Escola contará com uma área total de 9.632,93 m² de construção, composta por uma biblioteca, área administrativa, 21 salas de aula, sala de música, sala multiuso, seis laboratórios, cozinha industrial, quadra coberta, duas quadras poliesportivas com arquibancadas, palco, piscina com seis raias semiolímpicas e arquibancada, entre outros espaços.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...