MENU

21/06/2021 às 17h44min - Atualizada em 21/06/2021 às 17h44min

OAB/MA assina termo de cooperação técnica com a SEMGOV para prestar apoio jurídico a mulheres em situação de violência

Da Assessoria
Foto: Divulgação
 
São Luís - O contexto da pandemia acentuou problemas que já eram crônicos e históricos e, sem dúvidas, a violência contra a mulher é um deles. Preocupada com esse cenário, a OAB Maranhão, por meio do presidente Thiago Diaz, assinou um termo de cooperação técnica com o Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (CRAMSV), através da Secretaria Municipal de Governo (SEMGOV), para a realização de serviços de atendimento e orientação jurídica a mulheres vítimas de violência. A assinatura ocorreu na manhã da última sexta-feira, 18/06.

“Na Ordem, temos algumas bandeiras de grande relevância, entre elas, a proteção e defesa da mulher. Nós temos diversas comissões capitaneadas por mulheres envolvidas em projetos e causas para a sociedade. Portanto, a OAB se coloca à disposição para fazermos as parcerias relevantes para somar esforços e alcançar nosso papel social”, pontuou Diaz.

São mais de 50 advogadas e advogados que se disponibilizaram para serem orientados pelas Comissões e prestarem um serviço humanizado e de apoio jurídico a essas mulheres. O projeto será desenvolvido por quatro comissões da Seccional: Comissão da Mulher e da Advogada (CMA), Comissão da Jovem Advocacia (CJA), Comissão de Orientação Jurídica e Comissão de Direito das Famílias.

A CJA ficou responsável por convocar as advogadas e advogados para a ação; a CMA fornecerá a capacitação à advocacia; a Comissão de Orientação Jurídica prestará as informações sobre como fazer os procedimentos da melhor forma e a Comissão de Direito das Famílias, por sua vez, prestará o acolhimento, com as habilidades necessárias a fim de estender o trabalho para além da mulher, mas para toda a sua família.

“Fizemos uma parceria com a Comissão de Direito das Famílias para dar um atendimento humanizado a essas mulheres, além de levar o conhecimento técnico da CMA. Fizemos, também, uma parceria com a Comissão da Jovem Advocacia, trazendo mais de 50 advogadas e advogados para contribuir com o projeto. A Janaina Jansen, vice-presidente da Comissão de Orientação Jurídica, que traz um norte sobre como construir essa orientação junto às advogadas e advogados com a sociedade. Aconteceu uma verdadeira mobilização na Ordem para a concretização desse projeto, que já terá início em julho”, pontuou Tatiana Costa, presidente da Comissão da Mulher e da Advogada.

O Secretário Municipal de Governo, Enéas Fernandes, explicou que, ao falar de violência contra mulher, é preciso reiterar que elas estão mais próximas dos seus agressores nesse momento de pandemia e isolamento. Por isso, iniciativas como essa da OAB são essenciais para contribuir no combate à violência. “Há a necessidade de cada um fazer o seu papel de acordo com suas respectivas funções. O CRAMSV com esse primeiro acolhimento, a Secretaria atuando nas reuniões em prol da defesa da mulher com essa pauta na nossa agenda, ajudando naquilo que podemos estruturar junto aos mais diversos setores. Agradecemos ao papel da OAB por esse projeto”, explicou o Secretário.

Para a Coordenadora da Mulher do Município de São Luís, Luzimar Lopes Correa, o projeto que será desenvolvido pela OAB é de extrema importância para toda a sociedade e todos ganharão com ele. “Nós queremos trabalhar junto a vocês para melhorar a vida de muitas mulheres vítimas de violência. Ganha a OAB, ganha a sociedade, ganha o CRAMSV, ganha todo mundo. Vamos somar esforços para aliviar a dor de quem vai buscar o atendimento no CRAMSV. Tenho certeza que será um grande trabalho”, pontuou a coordenadora.

Os trabalhos iniciarão em julho, duas vezes por semana, em dois turnos, na Casa da Mulher Brasileira, onde funciona o CRAMSV. A ideia é de que o projeto dure seis meses, mas pode ser prolongado.

Na oportunidade, estiveram presentes, o presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz; o Secretário Municipal de Governo, Enéas Fernandes; a presidente da Comissão da Mulher e Advogada, Tatiana Costa; a presidente da Comissão de Direito das Famílias, Alynna Almeida; a vice-pr

esidente da Comissão de Orientação Jurídica, Janaína Jansen; a membro da Comissão da Mulher e da Advogada, Raíssa Medeiros; a vice-presidente da Comissão da Jovem Advocacia, Leda Raquel; a Coordenadora da Mulher do Município de São Luís, Luzimar Lopes Corrêa; a Assistente Social, Ivanilde Lima da Silva Lemos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...