MENU

19/06/2021 às 10h20min - Atualizada em 19/06/2021 às 10h20min

Dragão do Mar celebra Dia de São João com programação virtual

Luciana Vasconcelos
Ascom Centro Dragão do Mar
Exposição fotográfica, apresentação musical, postagens educativas e live sobre as tradições juninas em tempos de pandemia compõem a programação virtual para festejar a data.
    
Os festejos juninos atravessam a memória afetiva do povo nordestino que, novamente, se ressente por não poder realizar as festanças que marcam este período, com as danças, vestes e comidas típicas compartilhadas em comunidade. Em virtude do isolamento social necessário para enfrentamento ao novo coronavírus, o Dragão do Mar não receberá, pelo segundo ano consecutivo, os tradicionais festivais de quadrilha junina que há anos ocupavam os palcos do Dragão com muita cor e alegria. Para matar um pouquinho da saudade dos festejos do São João, essa grande celebração da cultura popular nordestina, o Centro de Arte e Cultura preparou uma programação virtual que, entre 23 e 29 de junho, exibirá nos seus canais de comunicação múltiplas linguagens dedicadas ao tema junino.

Abrindo a programação, na próxima quarta-feira (23), a partir das 17h, será lançada a exposição virtual “Junina Luz do Mundo”, do fotógrafo Luiz Alves, no site do Dragão (www.dragaodomar.org.br). A mostra traz 12 painéis fotográficos com registros feitos em edições do Festival “Festejos Juninos”, entre 2016 e 2019. O recorte aborda diferentes elementos desta festa, desde a confluência de culturas que foi dando contornos ao festival de quadrilhas juninas e se atualizando ao longo dos anos à relação do homem com a natureza e com o divino, nas suas diferentes manifestações.

No sábado (26), a partir das 18h, canal do Dragão no YouTube, estreia “Os festejos da Vó Júlia”, apresentação do Grupo Akilombar, trio regional que, combinando elementos como oralidade, canto, dança, rezas e mandingas, festeja a cultura do São João com uma rica seleção de músicas, entre próprias e interpretações, que cantam a ancestralidade do povo nordestino, enraizada nas matrizes afro-indígena.

No dia 29 de junho, o Museu da Cultura Cearense (MCC), equipamento do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura ligado à Secretaria da Cultura e gerido pelo Instituto Dragão do Mar, realizará uma conversa ao vivo sobre a tradição das quadrilhas juninas. Participam da live “Cadê meu São João” Elistênio Alves, comunicador e presidente da ONG Iphanaq, Pedro Igor Pimentel, gestor cultural que atualmente coordena a Casa de Saberes Cego Aderaldo, em Quixadá, e Carlos Viana, membro do Projeto Acesso do MCC, que mediará o bate-papo. A live será acessível em Libras, contando com intérpretes da Central de Intérpretes de Libras (CIL Ceará).

Além das programações, os amantes do São João também poderão acompanhar, às terça de junho, nas redes do MCC (@mcc_dragaodomar), conteúdos produzidos pelo Núcleo Educativo que dão uma “provinha” das pesquisas realizadas pelo Comida Ceará, projeto do MCC que há 10 anos busca mapear e registrar a dinâmica alimentar cearense, com seus diferentes modos de preparo, práticas alimentares, a pluralidade de comidas, seus sentidos e trocas. Com fotos feitas pelos irmãos José e Maurício Albano, os educadores apresentam informações sobre dois pratos comuns nos festejos de junho: pamonha e mucunzá, mais conhecido como mungunzá. 

Programação

23 de junho - Exposição “Junina Luz do Mundo”
Horário: 17h
Exibição: Site do Dragão

26 de junho - “Os festejos da Vó Júlia”, do Grupo Akilombar
Horário: 18h
Exibição: YouTube do Dragão

Dia 29 de junho - Live “Cadê meu São João?”
Horário: 15h
Exibição: YouTube do Dragão

Serviço: São João do Dragão
Período: Entre 23 e 29 de junho de 2021
Horários diversos

Exibição: Site do Dragão e YouTube do Dragão
Acesso livre e gratuito

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...