MENU

18/06/2021 às 19h25min - Atualizada em 18/06/2021 às 19h25min

Trabalhadores da indústria de móveis, construção civil e alimentos são imunizados na região Tocantina

Ação é fruto da parceria do SESI com o Governo do Estado

Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA
Fotos: Divulgação
 
O servente de pedreiro de uma construtora da cidade, Antônio Maciel, não escondia a satisfação de receber a primeira dose da imunização contra a Covid-19. Ele foi um dos 185 trabalhadores da construção civil imunizados no canteiro de obras, em uma iniciativa do Sistema FIEMA, por meio do Serviço Social da Indústria (SESI), em parceria com o Governo do Estado, que incluíram a classe industrial no grupo prioritário de vacinação.

Paulo conta como foi difícil ter que continuar exercendo suas atividades e conviver com medo de contrair o vírus e levar para casa. “Foi muito tenso, o nosso encarregado perdeu a esposa e a irmã. Então, para nós receber a vacina e no nosso ambiente de trabalho é uma grande vitória, já que nós não paramos de trabalhar durante todo esse período e agora, me sinto até mais seguro”, ressalta Maciel.

Em Imperatriz, trabalhadores dos setores industriais de móveis, construção civil e alimentos seguem sendo imunizados pela equipe de saúde do SESI, que atuam em conjunto com o Estado para avançar no processo de imunização contra a Covid19 no Maranhão, tanto no posto de vacinação inaugurado recentemente, e também no próprio local de trabalho, quando o número de funcionários ultrapassa os 50.

Larissa Sousa, 30 anos, é auxiliar de produção em uma panificadora e diz estar muito grata por essa oportunidade. “É uma segurança a mais para nós trabalhadores que nunca interrompemos nossas atividades e precisamos conviver diariamente com o medo do vírus”.

Para o montador de móveis, José de Ribamar, a ação é importante por trazer esperança e segurança ao trabalhador. “Hoje é um dia de muita alegria, podemos renovar nossas esperanças e esperar por dias melhores. Espero que os demais trabalhadores do nosso estado, também alcancem essa dádiva”.

A força tarefa exitosa pela vacinação busca levar aos trabalhadores mais qualidade de vida, reduzindo os afastamentos e evitando os impactos econômicos e sociais gerados pela disseminação do vírus. Além da cessão do espaço para o posto de vacinação pelo Sistema FIEMA, o SESI conta com uma equipe de seis profissionais de saúde entre enfermeiros e técnicos de enfermagem envolvidos diretamente na ação, e ainda toda a estrutura e logística das unidades móveis utilizadas na vacinação in loco. 

Empresário do setor de móveis e presidente do sindicato das Indústrias de Móveis de Imperatriz e Região (Sindimir), Manoel Messias Nunes Sarmento, destaca a importância da ação para a economia do Estado. “Essa iniciativa é de grande valia para o setor industrial, visto que é um setor atualmente importante para manter a economia, a geração de emprego e renda no Maranhão, e também no país. Recebemos com grande alegria a inclusão desse setor que não parou suas atividades e teve que se manter firme diante da crise financeira ocasionada pelo vírus”.

POSTO DE VACINAÇÃO SESI IMPERATRIZ- Com capacidade para 500 doses diárias, o posto de vacinação do SESI Imperatriz está localizado na rua Monte Castelo, s/nº- Mercadinho e funciona das 8h às 17h. A vacinação acontece por meio de agendamento prévio, através do email sesivacinaitz @ fiema.org.br onde as empresas precisam enviar dados como o CNPJ, endereço, o nome do trabalhador, CPF, cartão do SUS, se possível e a data de nascimento com o nome da mãe. Após 2 dias, o SESI entrará em contato para confirmar o agendamento.

AÇAILÂNDIA -  Em Açailândia, na inauguração do posto de vacinação cerca de 380 funcionários de 23 indústrias da região, foram imunizados na quinta-feira (10). A vacinação segue acontecendo na sede das empresas industriais por meio de agendamento prévio via email sesisaude [email protected] Após 2 dias, o SESI entrará em contato para confirmar o agendamento.

O superintendente do SESI, Diogo Diniz destaca a relevância da parceria para a imunização da classe industrial maranhense. “Essa é uma conquista que fortalece o segmento industrial e traz mais segurança ao trabalhador e por meio dessa parceria com a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão, esse é esforço fundamental, pois a indústria, é um setor muito sensível da economia”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...