MENU

16/06/2021 às 21h38min - Atualizada em 16/06/2021 às 21h38min

César Pires quer que governo estadual garanta serviços públicos em Araioses

Assecom
Foto: Divulgação
  
O deputado César Pires (PV) fez um apelo ao governo estadual para que garanta atendimento à população de Araioses no Hospital Regional e na unidade do Viva Procon instalada naquela cidade. Segundo ele, os moradores não estão recebendo a devida contrapartida da gestão municipal. Na sessão virtual desta terça-feira (15), ele voltou a denunciar o atraso no pagamento de salários dos profissionais de saúde que trabalham na unidade de saúde e revelou que a atual administração não tem honrado o aluguel do imóvel onde funciona o Procon.

O prédio em que foi instalado o Hospital Regional de Araioses, conforme o deputado, pertence à família da prefeita Luciana Trinta, e foi alugado pela Secretaria de Estado da Saúde por meio do contrato 206/2017, no valor anual de R$ 6.182.379,60, ou seja, cerca de R$ 515 mil mensais. No entanto, de acordo com César Pires, o secretário de Saúde, Carlos Lula, informou a ele que esses recursos não têm sido repassados, pois os proprietários do hospital estão inadimplentes e não apresentam as certidões exigidas por lei.

“Um hospital regional alcança outros municípios que dependem exclusivamente dele. Alguns locais têm até hospitais fechados, por ausência da participação do poder público estadual. Principalmente agora, em momento de pandemia, essa situação deveria ser averiguada pelo Ministério Público e pelo Tribunal de Contas, a quem vamos solicitar providências, e a própria Secretaria Estadual de Saúde deveria buscar uma solução, pois a população não pode ser penalizada por pendências dos proprietários do imóvel”, enfatizou César Pires.

Resposta
Na opinião do deputado, como uma das proprietárias do hospital, a prefeita também deve uma resposta à população de Araioses, já que há meses os profissionais de saúde e demais funcionários não recebem o merecido pagamento pelo atendimento que prestam no Hospital Regional. “É preciso que o governo estadual tome providências, e se necessário remaneje esse contrato para outro município que possa dar essa assistência à saúde das pessoas que moram naquela região”, propôs ele.

PROCON
César Pires também conclamou o governo estadual a garantir o funcionamento do Procon em Araioses, para facilitar o acesso das pessoas a serviços como a emissão de carteiras de identidade e de trabalho. “É um atendimento de extrema importância para a população, mas que também está ameaçado pela falta de responsabilidade da gestão municipal, a quem cabe disponibilizar o prédio para instalação do Procon”, disse ele.

Segundo César Pires, a direção do Procon já solicitou à Prefeitura que regularize a situação do imóvel, mas não obteve resposta. E a manutenção da unidade naquele município depende agora do governo estadual.

“A Prefeitura não está fazendo o mínimo, que é pagar o aluguel do prédio, para manter um serviço tão essencial. Por isso, apelamos para que o governo estadual ignore a inoperância e a falta de competência municipal, que anule esses convênios e encontre outras soluções para atender às necessidades da população, de Araioses e da região”, concluiu.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...