MENU

16/06/2021 às 19h51min - Atualizada em 16/06/2021 às 19h51min

Advogado acusado de envolvimento no assassinato de Valdecy Rocha será julgado nesta quinta-feira

Alexandre Lima Moura Neto é acusado de ser o responsável pelo agenciamento do pistoleiro Gilvan Varão

Dema de Oliveira
Alexandre Moura Lima Neto senta hoje no banco dos réus - Foto: Divulgação/Whatsapp
Quase 16 anos depois, o Tribunal do Júri da Comarca de Imperatriz vai julgar o advogado Alexandre Lima Moura Neto, acusado de envolvimento no assassinato do também advogado Valdecy Ferreira Rocha. Ele é o último dos acusados do crime, que ainda não tinha sentado no banco dos réus, tendo em vista que conseguiu protelar de todos os meios o seu julgamento, em função de vários recursos impetrados.

As investigações da Polícia Civil para apurar o crime apontaram que o advogado Alexandre Lima Moura Neto foi quem agendou o pistoleiro Gilvan Varão para executar o crime. A viúva do advogado Valdecy Rocha, enfermeira Irani Vieira Rocha, com quem o advogado Alexandre Moura teria um envolvimento amoroso, foi julgada e condenada em primeira e segunda instâncias, mas cumpre pena em liberdade. Ela foi apontada como sendo a mandante do crime. O pistoleiro Gilvan Varão foi julgado, cumpriu parte da pena e se encontra em liberdade condicional. 

Valdecy Ferreira Rocha foi assassinado no dia 30 de novembro de 2005, portanto há quase 16 anos, quando se encontrava no seu veículo em frente à Prefeitura Municipal de Imperatriz. Ele tinha saído do seu escritório, localizado na Rua Rui Barbosa, e foi executado quando ligava o veículo, com dois tiros na cabeça. 

O julgamento de Alexandre Moura Lima Neto está marcado para iniciar às 8h desta quinta-feira (17), no salão do júri do Fórum Henrique de La Rocque, localizado na Rua Rui Barbosa, Centro.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...