MENU

16/06/2021 às 18h49min - Atualizada em 16/06/2021 às 18h49min

Equipes do SESI do Maranhão disputam as Corridas Contra o Relógio da temporada 2020/2021 no Festival SESI de Robótica nesta quinta

As corridas serão realizadas remotamente nesta quinta, a partir das 8h

Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA
Alunas do SESI realizam treinos para competição F1 Schools que será on line - Foto: Divulgação
 
SÃO LUÍS -
Os motores dos carros das 4 equipes do SESI Maranhão da  F1 in Schools já estão rugindo no grid de largada! Nesta quinta-feira (17), a partir das 8h, o Festival SESI de Robótica na Corrida Contra o Relógio. 
A disputa acontecerá de forma remota, devido à pandemia do coronavírus. Para isso, as equipes enviaram os seus carrinhos de Fórmula 1 para o SESI. O disparo na pista de 20 metros será automático. 

Além desta quinta (17/06) que acontece a corrida propriamente dita, no dia 19 de junho será o dia da avaliação online da F1 e a cerimônia de encerramento e premiação acontecerá no Festival SESI de Robótica, em 26 de junho. 

As escuderias maranhenses vão disputar o campeonato com 31 times, compostas por 160 estudantes da rede SESI de 17 estados brasileiros. O Maranhão será representado pelas equipes Pugnator, Spartacus e Ragnar da Escola SESI Anna Adelaide Bello e Grafeno da Escola SESI de Imperatriz.    

COMPETIÇÃO - Com base na metodologia STEAM (acrônimo em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática), o F1 in Schools é um programa que busca estimular o interesse de jovens nas ciências e na educação por meio de um ambiente de aprendizagem divertido e empolgante. Criado pela Fórmula 1, a competição é oferecida desde 2019 para alunos das escolas SESI e reproduzem desafios profissionais envolvidos em uma corrida real de carros. 

Os competidores formam times de três a seis integrantes e montam uma escuderia. Assim como na realidade, os membros da equipe assumem funções de gerenciamento, marketing, design e engenharia e preparam o plano de negócios da escuderia, que funciona como uma pequena empresa. 

É responsabilidade dos jovens garantir patrocínio para cobrir os custos das competições, como a confecção de uniformes, alimentação e transporte. Também são os competidores que projetam os protótipos de carros que, impulsionados por um cilindro de CO2, podem chegar a 80km/h em menos de um segundo. 

Mas não é só a velocidade que conta! A avaliação e classificação leva em conta o plano de negócios, planejamento de ações de marketing e mídias sociais, apresentação da equipe no stand durante as competições e o desenvolvimento de um projeto social. 

PREMIAÇÃO - Para reconhecer o esforço e empenho das equipes, a competição possui dezessete prêmios ao todo. Os times podem concorrer aos seguintes troféus: Prêmio Melhor Engenharia do Carro, Prêmio Escrutínio FIA, Prêmio Patrocínio e Marketing, Prêmio Pensamento Criativo, Prêmio Reconhecimento de Conquista do Comitê dos Juízes, Prêmio Pesquisa e Desenvolvimento, Prêmio Carro Mais Veloz, Prêmio Identidade Visual, Prêmio Estande, Prêmio Apresentação Verbal, Prêmio Gestão de Projeto, Prêmio Mídias Digitais, Prêmio Melhor Desempenho Feminino e, por fim, Prêmio Projeto Social.  

Além do troféu de primeiro lugar, a equipe vencedora garante vaga para o campeonato mundial. Já o segundo colocado será indicado para compor uma equipe colaborativa com alunos de outro país para competir no mundial.  

De qualquer forma, fazer parte do F1 in Schools, seja competindo ou avaliando, já é uma grande vitória de aprendizado, desenvolvimento e muito mais. Pensando nisso, todas as equipes e técnicos que participarem receberão medalhas. As equipes enviarão os carros para o SESI Nacional e acompanharão o disparo automático via transmissão ao vivo. As reuniões aconteceram de forma remota e os treinos estão sendo realizados respeitando todos os protocolos de segurança.  
Para assistir a competição do F1 Schools você deve acessar o canal Sou Robótica no You Tube ou o link  https://www.youtube.com/channel/UC4W-eGACDu8an9EAVEmYyvA 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...