MENU

16/06/2021 às 18h47min - Atualizada em 16/06/2021 às 18h47min

Vacinas ajudam a prevenir cânceres causados pelos vírus da hepatite e HPV

Acredita-se que, se toda a população elegível para a imunização fosse vacinada, haveria uma queda de mais de 70 % das eneoplasias relacionadas com HPV.

SECAP/MA
A vacina quadrivalente contra o HPV é disponibilizada gratuitamente para meninas de 9 a 15 anos e meninos de 11 a 15 anos - Foto: Tony Winston_MS
 
Com a pandemia da Covid-19, o uso das vacinas tem provocado um debate intenso na sociedade. Mas você sabia que existem vacinas que ajudam a prevenir o câncer? Isso mesmo! Na oncologia, as vacinas têm protegido a população de infecções por vírus que podem causar câncer, como é o caso do Papiloma Vírus Humano (HPV), associado ao câncer de colo do útero, ânus, boca, entre outros. Já a vacina contra a hepatite B, contribui para a prevenção do câncer de fígado.

 “O vírus do HPV é a principal causa prevenível de câncer. Geralmente, a população associa ele mais com o câncer de colo de útero, mas ele está diretamente relacionado a inúmeros outros tipos de câncer. Infelizmente o que se nota é a desinformação da população sobre essa vacina e, com isso, elas ficam encalhadas em nossos postos de saúde”, destaca o cirurgião oncológico da Oncoradium Imperatriz, Jorge Lyra.

 Conforme o Ministério da Saúde, a vacina quadrivalente contra o HPV é disponibilizada gratuitamente para meninas de 9 a 15 anos e meninos de 11 a 15 anos. A vacina garante a inexistência das lesões pré-cancerígenas e cancerígenas em colo uterino das meninas, bem como na região peniana de meninos, canal anal e cavidade oral de ambos os sexos.

 “Acredita-se que, se toda a população elegível para a imunização fosse vacinada, haveria uma queda de mais de 70 % das eneoplasias relacionadas com HPV. Isso sem falar outros pacientes que não estão enquadrados no protocolo do Ministério da Saúde. O governo federal elegeu essa faixa etária pois é a que vai ter a melhor efetividade da vacina. Contudo, pacientes em outras faixas etárias também possuem benefícios na vacinação”, ressalta o cirurgião oncológico.

 Outra vacina presente no programa de imunização do Sistema Único de Saúde (SUS) e que ajuda na prevenção do câncer é a vacina contra Hepatite B. As pessoas com infecções crônicas por conta do vírus causador da hepatite têm um risco aumentado de desenvolver câncer de fígado.

 “A hepatite B é a principal causa de câncer de fígado no sudeste asiático. No Brasil, a vacinação contra hepatite B está relativamente sedimentada, já que a mesma está no calendário do Programa Nacional de Imunizações há 23 anos, sendo aplicada nos primeiros meses de vida das nossas crianças. Isso ajuda enormemente a não termos a prevalência do hepatocarcinoma nos padrões de alguns países do sudeste asiático”, finaliza o Dr. Jorge Lyra.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...