MENU

15/06/2021 às 17h24min - Atualizada em 15/06/2021 às 17h24min

Debate sobre protagonismo estudantil marca início de semestre na UEMASUL

SECAP/MA
Aula Magna abordou o movimento estudantil e a possibilidade de transformação da realidade - Foto: Divulgação

A palestra “Educação Superior e Protagonismo Estudantil em tempos de pandemia: desafios e perspectivas” fez parte da programação de início do semestre acadêmico 2021.1 da UEMASUL, que aconteceu na última segunda-feira (14). Realizados de forma remota, alunas e alunos nos campi Açailândia, Estreito e Imperatriz, participaram de dois momentos dedicados ao envolvimento estudantil nas questões relacionadas à qualidade de ensino e ao cotidiano da universidade.

Pela manhã foi realizada a Acolhida Acadêmica, momento em que as diretoras e diretores dos Centros de Ensino e de cursos da UEMASUL compartilharam com as discentes e os discentes mensagens de boas-vindas. O momento também contou com a participação de acadêmicas, representando os estudantes dos três campi da UEMASUL Açailândia, Estreito e Imperatriz. 

A aluna Ester Miranda Paiva, do campus Estreito, destacou que “o momento que enfrentamos é delicado, em que temos que nos reinventar. Tivemos que buscar maneiras de nos conectarmos e sobretudo de desenvolver nossos estudos, dando continuidade ao processo de aprendizagem iniciado presencialmente. Estou com boas expectativas para mais um semestre e desejo a todas e todos uma boa jornada”.

Palestra

O segundo momento, durante a noite da segunda-feira (14), a Aula Magna, contou com a participação da gestão superior da UEMASUL, do presidente da UNE, Iago Montalvão, e do egresso e membro do CONEST/UEMASUL, Alcindo de Holanda. A reflexão sobre o tema “Educação Superior e Protagonismo estudantil em tempos de pandemia: desafios e perspectivas” surgiu da valorização da presença estudantil para o desenvolvimento social, cultural e educacional da região e do país, compreendendo a importância do movimento estudantil como protagonista do processo de avanços e defesa do ensino público de qualidade.

Iago Montalvão é estudante de economia da USP, ativista do movimento social brasileiro e atual presidente da União Nacional dos Estudantes. Durante a palestra, ele abordou sobre a conjuntura nacional e os impactos negativos na educação, defendeu o ensino público gratuito e de qualidade e falou sobre a importância da organização estudantil na garantia de direitos e avanços sociais. 

“O movimento estudantil tem a possibilidade de transformação, quando nos juntamos coletivamente a potencialidade das nossas ações é maior. O movimento estudantil é guardião da democracia. Quando ingressamos na universidade sonhamos com um futuro melhor e este sonho precisa ser defendido e assegurado”, afirmou.

Para a reitora da UEMASUL, professora Elizabeth Nunes Fernandes, a presença do movimento estudantil nas universidades é necessária para a garantia de melhores condições de ensino e na proteção da sociedade. “Foi um momento importante trazendo para a universidade a relevância do movimento estudantil organizado. Iago fez um breve resgaste histórico da presença da UNE em pautas nacionais em defesa da educação destacando o protagonismo estudantil e demonstrando aos estudantes que muitas ações efetivadas hoje são conquistas de lutas anteriores e que a defesa da educação pública, acessível e de qualidade deve ser permanente”, enfatizou a reitora.

Os dois momentos de abertura do semestre 2021.1 podem ser assistidos no canal da UEMASUL no Youtube.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...