MENU

10/06/2021 às 18h58min - Atualizada em 10/06/2021 às 18h58min

Vereador Adhemar Freitas Jr. propõe a secretário que disponibilize espaço para promover o estímulo ao empreendedorismo

Joãozinho Cézar
Vereador e pré-candidato a deputado federal, Adhemar Freitas Jr., autor da indicação aprovada por unanimidade - Foto: Fabinho/Câmara de Vereadores
Na manhã desta quinta-feira (10), na realização da última sessão ordinária da semana os vereadores votaram e aprovaram por unanimidade, uma proposição de autoria do vereador e pré-candidato a deputado federal pelo (SOLIDARIEDADE), Adhemar Freitas Jr.

A indicação do vereador pede ao secretário municipal de Desenvolvimento Econômico (SEDEC), Wilson Alves Moreira Filho, que disponibilize espaço para coworking público com objetivo de estimular startups, segmentos empresariais que necessitam de amadurecimento do seu modelo de negócio para se estabelecerem no mercado, além de promover o estímulo ao empreendedorismo reunindo em só local, diversos segmentos de negócios com troca de experiências. 

Para o vereador, que recentemente lançou sua pré-candidatura rumo ao Congresso Nacional em Brasília, “os empreendedores nos seus mais diversos segmentos possuem dificuldade de iniciar seus negócios por ausência de espaços físicos e ferramentas simples de trabalho, como acesso à internet de boa qualidade. O coworking público é um excelente instrumento para tais empresários terem o mínimo para desenvolverem seus respectivos negócios, para uns uma incubadora de modelo de negócio, para outros o espaço que falta para desenvolver e buscar mercado. Algumas cidades não realizaram nenhum gasto para implantar estes espaços, apenas aproveitaram espaços públicos existentes para direcionar ao coworking dentro das bibliotecas, por exemplo. Ademais, toda essa estrutura física ainda podemos dá ferramentas públicas de forma fácil, afinal, Receita Municipal, Vigilância Sanitária, entre outros órgãos municipais podem participarem propiciando conhecimentos aos novos empreendedores. Muitas ideias e trocas de experiências podem surgir em espaços públicos destinados ao propósito empresarial, parcerias podem ser firmadas com Universidade, Sebrae, Escolas Técnicas e tantos outros com objetivo de propagar conhecimento para gerar emprego e renda”, completou Adhemar Freitas Jr.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...