MENU

07/06/2021 às 21h31min - Atualizada em 07/06/2021 às 21h31min

​Araguaína decide vacinar taxistas, mototaxistas e motoristas de transporte de passageiros

Objetivo é frear a transmissão do vírus e prevenir a variante indiana

Assessoria

Buscando estratégias para frear o avanço da covid-19 no município de Araguaína, principalmente com casos da variante indiana já confirmados em alguns estados, o prefeito Wagner Rodrigues (SD) decidiu incluir os motoristas de transporte de passageiros no grupo prioritário da vacinação contra o novo coronavírus.

O gestor antecipou aos órgãos deimprensa que a intenção é vacinar todos os taxistas, mototaxistas, motoristas do transporte público coletivo, do transporte escolar e de empresas sediadas na cidade que atuam no transporte intermunicipal e interestadual.

O motivo é que esses profissionais estão em contato diário com pessoas de várias localidades, cidades e estados, ou seja, ficam expostos ao risco de contaminação e, consequentemente, transmissão da doença.
“A vacinação desse grupo é de extrema importância para funcionamento dos transportes em geral na nossa cidade. É mais seguro para esses profissionais que precisam transitar e ter contato com várias pessoas e para quem precisa desses transportes”, avaliou o prefeito.

O prefeito Wagner Rodrigues irá se reunir com representantes das classes dos condutores na manhã desta terça-feira (8) para definir a maneira mais eficaz de conduzir a imunização desse público.

A vacinação começará na próxima quarta-feira (9). A vacina estará disponível das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17 horas na UBS Dr. Francisco (Vila Aliança), Nova Araguaína, Araguaína Sul, JK e Manoel Maria (Cimba).  As doses também poderão ser aplicadas das 8 às 12 e das 14 às 17 horas no Ginásio Poliesportivo Pedro Quaresma, na Via Lago.

Documentação necessária

Para receber a primeira dose da vacina é necessário levar o cartão de vacinação, documento pessoal com foto, cartão do SUS e apresentar comprovação do exercício da profissão. 

OCUPAÇÃO DE LEITOS NA CIDADE

Na semana passada, o sistema de saúde entrou em colapso em Araguaína, com todos os hospitais operando no vermelho, e o prefeito Wagner Rodrigues foi obrigado a decretar lockdown entre os dias 3 e 7 de junho.

Veja a ocupação dos leitos de UTI COVID nos hospitais de Araguaína nesta segunda-feira (7):

- Hospital Regional de Araguaína – 88% de ocupação (15/17)

- Hospital Dom Orione de Araguaína – 93% de ocupação (14/15)

- Hospital Municipal de Campanha de Araguaína – 100% de ocupação (10/10)

- Instituto Sinai de Araguaína – 90% de ocupação (18/20)

- Hospital Municipal de Araguaína – UTI Pediátrica – 17% de ocupação (1/6)

LEITOS CLÍNICOS

- Hospital Dom Orione - 100% de ocupação (10/10)

- Hospital de Doenças Tropicais - 100% de ocupação (10/10)
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...