MENU

01/06/2021 às 18h36min - Atualizada em 01/06/2021 às 18h36min

Comando do 4º Distrito Naval é recebido pela Presidência da Câmara de Imperatriz

Sidney Rodrigues
ASSIMP
O Comando do 4º Distrito Naval foi recebido na presidência do Poder legislativo Imperatrizense, em uma visita institucional - Foto: Sidney Rodrigues
  
A Câmara Municipal recebeu na manhã desta segunda-feira (31 de maio) no Gabinete da Presidência, o Comandante do 4º Distrito Naval, Vice Almirante Valter Citavicius Filho, acompanhado do Capitão de Mar e Guerra Abreu (chefe do Estado Maior), do Capitão Tenente Pedro Rogério (Agência Fluvial de Imperatriz) e do Capitão Tenente Leonardo (ajudante de ordens). 

Responsável pelas Capitanias e Agências Fluviais dos estados do Piauí, Maranhão, Pará e Amapá, o 4º Distrito Naval abrange 24% do território marítimo brasileiro. O Comando esteve com o presidente Alberto Sousa (PDT) estreitando as relações institucionais e tratando sobre meio ambiente, segurança no rio Tocantins e período de veraneio que se aproxima, mas ainda não é certo se será oficializado.
 
O Vice Almirante Valter ressaltou a história e o papel da Marinha do Brasil no estado do Maranhão e destacou as parcerias realizadas entre o município e as Forças Armadas na região. 

Imperatriz exerce um papel relevante no trabalho do Comando, pois é banhada pelo rio Tocantins e possui uma grande extensão, onde se usa muitas embarcações e acontecem muitos acidentes por conta das atividades de pesca, lazer e turismo. O comandante não conhecia a área pessoalmente e não imaginava que o município fosse tão grande. Ficou surpreso com a infraestrutura e com o que oferece em produtos e serviços.  

O presidente Alberto Sousa informou que comandou a Comissão de Meio Ambiente, Planejamento, Uso e Ocupação do Solo no mandado passado e confessou ter uma ligação muito forte com o rio, desde sua infância. 

“Sou um amante do rio Tocantins. Apaixonado por essas águas majestosas, por isso iremos buscar trabalhar com conscientização neste período, no combate aos afogamentos, adquirindo coletes, conversando com barqueiros e dando apoio no que a Marinha precisar para acabarmos com a prática de passageiros sem colete, mas principalmente crianças, isso é um crime. Não se pode transferir responsabilidade de quem faz coisa errada para a Marinha e outros órgãos. Conhecemos o trabalho brilhante da agência fluvial junto a banhistas, barqueiros e a sociedade. O que falta é que aqueles que usufruem do rio, possam assumir suas obrigações”, disse. 

Diante da pandemia, o Comando tem se preparado, independentemente de serem ou não autorizadas as praias e o período de veraneio. O Vice Almirante, além de conhecer a cidade, veio para se colocar à disposição de todas as instituições públicas de Imperatriz. Também participaram da recepção os vereadores Manchinha, Fábio Hernandez, Berson do Posto e Renê Sousa.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...