MENU

01/06/2021 às 18h23min - Atualizada em 01/06/2021 às 18h23min

Comércio de Imperatriz confiante no aquecimento da economia

Raimundo Primeiro
Marcone Marques: “o comércio de Imperatriz é polo regional de abastecimento” - Foto: Divulgação
Os empresários imperatrizenses também estiveram engajados ao longo dos últimos meses visando que o comércio mantivesse o ritmo de crescimento verificadonas demais regiões do país. Por meio de diversas ações, principalmente as que foram desenvolvidas pelas entidades de classe, várias empresas permaneceram com suas portas abertas. Ao mesmo tempo, outras iniciaram suas atividades.

Expressivo número de empregos foi mantido e, por intermédio das novas empresas, novos postos de trabalhos surgiram, colocando no mercado diversas pessoas. Em Imperatriz, o Sindicato do Comércio (Sindicom) tem participado ativamente das decisões que buscam o fortalecimento da economia da cidade.

Agora em 2021, os negócios não pararam. De acordo com o Ministério da Economia, em abril, ocorreram 1.381.767 admissões. Ou seja, 120.935 pessoas ingressaram no mercado do trabalho.

O empresário Manoel Marcone Marques, diretor do Sindicom, há vários anos atuando no setor do Calçadão da Avenida Getúlio Vargas, destaca Imperatriz ter força e conseguir superar as adversidades em razão de ser polo abastecedor regional.

As medidas anunciadas pelo Governo Federal, via Ministério da Economia, caso do Programa de Manutenção de Empregos, foram fatores decisivos para que as atividades comerciais não entrassem em colapso.

“Estamos na ‘segunda capital do Maranhão’. Os empresários e o comércio de nossa cidade são fortes, mantendo o abastecimento de vários municípios. O Sindicom, através do trabalho encampado pelo presidente Vilson Estácio Maia, permanece atuante e participativo, almejando sempre o melhor para o comércio, a cidade e, claro, a população”, destaca Marcone Marques. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...