MENU

27/05/2021 às 19h26min - Atualizada em 27/05/2021 às 19h26min

Facionado do Comando Vermelho morre em troca de tiros com a Polícia Militar

O caso aconteceu na Vila Jackson Lago, conhecida por Invasão do Bom Jesus, em Imperatriz

Dema de Oliveira
Maconha, armas, munições e demais objetos apreendidos na casa - Foto: Divulgação/PM-MA
  
Policiais da Equipe Raio, uma das forças de elite do 14º BPM, durante patrulhamento  se deslocou até a invasão do Residencial Jackson Lago, numa localidade já conhecida por ser reduto de faccionados do Comando Vermelho, bem como local de comercialização de drogas, na Rua Maria Donzelita, sem número.

Chegando ao local, vários indivíduos se evadiram para uma área de mata com saída para outras ruas, no entanto a equipe conseguiu conter quatro elementos. Durante a busca pessoal nada foi encontrado, porém foram realizados dois disparos de onde se encontravam os indivíduos, que empreenderam fuga, ocasião que foi solicitado apoio via rádio ao batalhão.

Os policiais identificaram de onde vieram os disparos, deslocaram-se até a outra rua, quando algumas pessoas estavam apontando na direção de uma residência. Foi avistada uma mulher correndo com uma criança no braço, na direção apontada. 

Os militares adentraram no terreno da direção apontada, quando foi avistado o indivíduo Lucas da Costa Ramos, 20 anos, com uma arma na mão. Foi feita então a verbalização, momento em que o mesmo efetuou três disparos contra a guarnição, a qual de forma imediata revidou para repelir a injusta agressão, sendo Lucas alvejado com dois disparos na altura do tórax e abdômen. A equipe da FT chegou primeiro ao local e socorreu o alvejado, ainda com vida, que foi levado para o Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), o Socorrão, porém veio a óbito. 

Com Lucas foram apreendidas duas mochilas com cerca de 10 kg de substância semelhante à maconha, um revólver cal. 38 com 5 munições deflagradas e uma intacta, uma arma de fabricação caseira, tipo espingarda calibre 12, uma faca com bainha, outra faca de mesa sem cabo e diversos papelotes para embalar droga. 

Lucas era conhecido das equipes policiais, pois já tinha sido preso e estava sendo um dos líderes do Comando Vermelho naquela localidade. Também era suspeito de um homicídio acometido no mesmo bairro, cuja vítima foi a jovem Vitória Duarte. 

Tudo o que foi apreendido, foi apresentado na Delegacia Regional de Polícia Civil em Imperatriz, para as devidas finalidades.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »