MENU

27/05/2021 às 18h06min - Atualizada em 27/05/2021 às 18h06min

Socorrão e SAD se reúnem para fortalecer ações e atividades

Novo fluxo otimiza e humaniza atendimento de pacientes

Kalyne Cunha
Ascom/pmi
Ações são voltadas a promoção a saúde, prevenção e tratamento de doenças e reabilitação integrada à Rede de Atenção à Saúde - Foto: Assessoria
  
Direção do Hospital Municipal de Imperatriz, HMI – Socorrão, faz reuniões de planejamento para fortalecer ações e atividades do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) do Programa Melhor em Casa, na instituição.

Programa é responsável por complementar e dar continuidade à internação hospitalar, oferecendo na moradia do paciente ações voltadas a promoção a saúde, prevenção e tratamento de doenças e reabilitação, integrada à Rede de Atenção à Saúde.

O diretor da instituição, Vitor Pachelle, enfatiza que “com a implantação do novo fluxo do SAD, pacientes de média e alta complexidade com quadro estável seguirão com tratamento em casa evitando riscos maiores à saúde, como os de infecções hospitalares e Covid-19”. 

Sobre o fluxo de encaminhamento direto de pacientes do hospital ao Programa, a coordenadora do SAD, Nilcelete dos Santos, explica que “o novo fluxo do Serviço de Atenção Domiciliar irá otimizar e humanizar o atendimento de pacientes, pois não ficará perdido na Rede de Atenção à Saúde, após alta hospitalar. Em vez de procurar primeiro uma Unidade Básica de Saúde para ter acesso ao programa, ou de ficar em casa sem orientações médicas correndo o risco de apresentar complicações diante do quadro, o médico do programa dará continuidade ao tratamento acelerando a reabilitação desse usuário”, relata. 

A equipe multiprofissional do SAD atende pacientes que necessitam de auxílio para ingestão e digestão alimentar, como: nutrição via Sonda Nasoenteral, SNE, - a alimentação não pode ser feita via ingestão oral, Gastrostomia - no qual por meio de um procedimento cirúrgico um tubo é colocado no estômago para dar suporte nutricional, Colostomia - exteriorização de uma porção do intestino grosso através da parede abdominal, para desviar o trânsito intestinal, sonda vesical de demora – responsável pela eliminação da urina.

Pacientes com internação prolongada e que apresentam quadro estável com possibilidade de recuperação, mesmo que lenta, podem garantir o atendimento intensivo de saúde fora do hospital. O acompanhamento é feito por uma Equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar, EMAD, e da Equipe Multiprofissional de Apoio, EMAP, do Serviço de Atenção Domiciliar, SAD, do Programa Melhor em Casa.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...