MENU

26/05/2021 às 19h32min - Atualizada em 26/05/2021 às 19h32min

DHPP prende suspeito de envolvimento na morte de casal em Imperatriz

Ezequias Ribeiro da Silva e Bruna Lorraha Aquino Chagas foram executados em janeiro desse ano

Dema de Oliveira
Ezequias Ribeiro da Silva e Bruna Lorrana Aquino Chagas foram mortos a tiros - Foto: Arquivo/O PROGRESSO
 
A Polícia Civil, por meio de uma equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), cumpriu nesta quarta-feira (26) mandado de prisão em desfavor do indivíduo de iniciais A.C.S.

Pesa contra ele a suspeita de envolvimento na execução do casal Ezequias Ribeiro da Silva, 31 anos, e Bruna Lorraha Aquino Chagas, 32 anos, ocorrido em janeiro desse ano. O crime aconteceu no local conhecido por ‘Pau da Preguiça’, no bairro Sol Nascente, periferia de Imperatriz.

O PROGRESSO apurou que A.C.S. não participou da execução, entretanto é suspeito de ter atraído Ezequias e Bruna Lorrana para o local onde foram executados com vários tiros. As investigações apontam que Ezequias Ribeiro teria um problema pendente com A.C.S., em função de divergências quanto a receptação de celulares produto de roubos. “Devido a esse problema, A.C.S. teria atraído Ezequias para o local onde ele e a esposa Bruna Lorrana foram executados”, disse o delegado. 

Pelo que foi apurado, o problema era apenas com Ezequias, mas como Bruna Lorrana estava junto, também foi executada. 
O delegado Praxisteles detalhou que os executores de Ezequias e Bruna ainda não foram identificados. “Existem suspeitos e estão sendo investigados, mas nada ainda de concreto”, disse. 

A.C.S, depois dos procedimentos de praxe, foi levado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz, onde se encontra até nova determinação da justiça.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...