MENU

25/05/2021 às 21h48min - Atualizada em 25/05/2021 às 21h48min

​Prefeitura de Araguaína abre licitação para asfaltar Setor Monte Sinai

Processo licitatório será aberto dentro de um mês para contratar empresa que implantará infraestrutura completa com pavimentação, drenagem, calçadas acessíveis e sinalização

Marcelo Martin
Ascom/PMA
“Faremos essa obra por etapa. Ao todo, serão aproximadamente 17 km de asfalto e mais de 3 km de drenagem”, afirmou o prefeito Wagner - Foto: Ascom-PMA/Marcos Sandes
 
A Prefeitura de Araguaína continua ampliando o programa municipal de pavimentação. No último dia 12, foi publicado em Diário Oficial o aviso de licitação para contratar empresa que implantará infraestrutura completa no Setor Monte Sinai. A obra é de pavimentação em CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), drenagem superficial e profunda, calçadas com acessibilidade de áreas urbanizadas, sinalização horizontal e vertical.

“Faremos essa obra por etapa. Ao todo, serão aproximadamente 17 km de asfalto e mais de 3 km de drenagem. Nesta etapa, o projeto atenderá 15 ruas e uma rotatória, totalizando mais de 6 km de novo asfalto no Município”, afirmou o prefeito Wagner Rodrigues. Para a pavimentação total do Setor Monte Sinai, o senador Eduardo Gomes em parceria com o deputado federal Tiago Dimas, viabilizou R$ 5,7 milhões.

A licitação

O processo será aberto no dia 16 de junho de 2021, às 8h30, na sala de reuniões da Comissão Permanente de Licitações, localizada na Rua 25 de dezembro, nº 265. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (63) 3411- 7004 e no guichê da comissão, no horário das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas. O edital completo está disponível no site da Prefeitura de Araguaína: www.araguaina.to.gov.br.

Fim da poeira

Atualmente, sete setores têm obras de infraestrutura pela primeira vez ou em algumas ruas que ainda não tinham asfalto: Morada do Sol, Ana Maria, Tocantins, Vitória, Itaipu, Palmas e Maracanã. Essas obras fazem parte do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína, financiado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina – Corporação Andina de Fomento (CAF), além da construção da Via Norte. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...