MENU

25/05/2021 às 19h27min - Atualizada em 25/05/2021 às 19h27min

Escolas municipais fazem busca ativa de alunos infrequentes

Iniciativa abrange estudantes do Ensino Fundamental e EJA

Sara Ribeiro
Ascom/PMI
Busca ativa domiciliar - Fotos: Divulgação
 
Equipes diretivas das escolas da rede municipal de ensino realizam durante a semana força tarefa de busca ativa do alunos. Objetivo é fazer diagnóstico dos estudantes sem acesso à plataforma de aulas não presenciais ou com baixa frequência. 

Com aproximadamente 32 mil alunos matriculados no Ensino Fundamental e Educação  de Jovens e Adultos, EJA, o uso da plataforma virtual é obrigatório nessa época de pandemia, com atividades escolares mediadas por tecnologia. 

Até o momento, desde o início do calendário letivo, ainda em 17 de março, foram registrados cerca de 29 mil presenças na plataforma virtual. “Sabemos que não tem como ser 100%  de presença na plataforma, sempre surge alguma dificuldade para os alunos e famílias, no entanto, é para sanar esses empecilhos que as escolas então de portas abertas.

Com as visitas de busca ativa, além da realização de diagnóstico, são entregues as atividades impressas. “Durante a visita, verificamos se a falta de acesso é por problema de internet. Se for, liberamos a internet da escola para utilização do aluno. Claro que fazemos um agendamento para que não haja aglomeração e ele possa colocar a rotina escolar em dia”, informou Cleomar Conceição, Gestora da Escola Wady Fiquene.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...