MENU

21/05/2021 às 16h50min - Atualizada em 21/05/2021 às 16h50min

Mercado de trabalho volta a crescer em Imperatriz

Economia na região tem retomada progressiva este ano, mesmo com crise causada pela pandemia

Ariel Rocha
Ascom/PMI
Outro ponto positivo é que foram 2.300 novos empreendedores imperatrizenses cadastrados no sistema do Microempreendedor Individual - Foto: IMADRONEBR
 
De dezembro de 2020 à abril de 2021, o mercado de trabalho em Imperatriz cresceu 21,32%, o que gerou saldo positivo de 742 pessoas empregadas formalmente durante o período. Esses dados são de uma pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Sedec, feita com 90 empresas imperatrizenses. Indicativo aponta cenário otimista, mesmo na pandemia de Covid-19.

A pesquisa mostra um número significativo de pessoas que conseguiram ser empregadas, muitas das vezes após um bom tempo de procura. Esse é o caso de Atos Brito Rebouças Gomes, de 24 anos, que em março deste ano foi contratado, com carteira assinada, por uma empresa de segurança privada da cidade. “A incerteza era o sentimento mais comum durante a procura, porque está mais complexo arranjar um serviço em período de pandemia, então isso é horrível. Estava com medo de não conseguir”, explica o jovem sobre o momento.

O secretário da Sedec, Wilson Filho, explica que vários municípios do Maranhão sofreram os efeitos da crise causada pela pandemia. “As economias de muitas cidades em 2020 foram atingidas, dentro de um contexto geral. Mas Imperatriz conseguiu retomar o crescimento em vários setores, como mostram os dados de abril deste ano, principalmente nos números de aumento em empregos formais”, declara.

Já as vagas decorrentes dos desligamentos durante essa crise, ocorridos por conta da redução de gastos, foram restituídas nos últimos meses com a contratação de mais pessoas. Ainda segundo a pesquisa da Sedec, o setor que mais cresceu no município, com efeito direto na economia regional, foi o da construção civil. Indícios ressaltam a retomada progressiva da economia.

Outro ponto positivo apontado pelo levantamento da Sedec é que, desde o ano passado, foram 2.300 novos empreendedores imperatrizenses cadastrados no sistema do Microempreendedor Individual. “A Prefeitura tem fomentado o cenário para o microempreendedor, como é no caso da realização da Feira Cidadã nos bairros da cidade. No evento promovido pela Sedec, essas pessoas apresentam seus produtos ao consumidor e fazem a economia local girar significativamente”, completa o secretário. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...