MENU

18/05/2021 às 19h37min - Atualizada em 18/05/2021 às 19h37min

Mulher é presa suspeita de latrocínio contra homem em Imperatriz

Crime aconteceu em 2013 e, em depoimento, a suspeita explicou que foi motivado por vingança após a vítima ter tentado estuprá-la

Ascom/PCMA
GPE cumpriu o mandado de prisão em desfavor da acusada - Foto: Divulgação
Um mandado de prisão definitiva foi cumprido pela Polícia Civil do Maranhão na última segunda-feira (17), contra uma mulher pelo crime de latrocínio, ocorrido em 2013 no município de Imperatriz. A prisão foi realizada por uma equipe do Grupo de Pronto Emprego – GPE da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz.

A Polícia Civil, ao tomar conhecimento do mandado de prisão, iniciou diligências no intuito de identificar qual o atual endereço da infratora. Após intenso levantamento, a equipe chegou a um endereço no bairro Vila Davi II, em Imperatriz.

Segundo as investigações, na época a autora do crime planejou a execução da vítima por 3 meses. Após identificar o melhor dia e horário para a execução, pulou o muro da residência da vítima, entrou em sua residência e se escondeu no quarto esperando a mesma sair do banheiro. Ao entrar em seu quarto a infratora já estava à sua espera e com inúmeras facadas ceifou a sua vida. Em seguida subtraiu alguns pertences da vítima.

Ao ser questionada pela equipe policial sobre a motivação do crime, a infratora informou que a vítima teria tentado estuprá-la meses atrás. Informou ainda que não denunciou o crime à polícia, pois queria vingança. Na época que foi presa preventivamente, planejou uma fuga, onde após fazer com que suas companheiras de cela dormissem depois de ingerir uma certa substância, conseguiu sair de sua cela sem ser notada, mas foi impedida por um dos vigilantes que estava de plantão. Após a tentativa frustrada, a infratora foi transferida para o presídio de Pedrinhas, em São Luís, de onde tinha saído novamente.

A presa foi conduzida à 10° Delegacia Regional de Imperatriz para procedimentos cabíveis e conduzida à Unidade Penitenciária de Davinópolis, estando à disposição da justiça. .

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »