MENU

13/05/2021 às 18h59min - Atualizada em 13/05/2021 às 18h59min

Cai movimento nos postos

Média/dia de positivos desce de 22,2 para 8,6

Ascom/SEMUS
A vacinação dos grupos de risco, principalmente idosos e pessoal da Saúde, e a fiscalização intensa da Prefeitura pelo cumprimento das medidas restritivas, já se refletem na queda da pandemia - Foto: Edmara Silva

No mês de março passado, quatro Unidades Básicas de Saúde de Imperatriz, dedicadas exclusivamente aos casos suspeitos da Covid-19, atenderam 7.372 pessoas com sintomas de síndromes gripais. Dentre os casos recomendados para testes, 667 resultaram positivos, média diária de 22,2.

Em abril, o movimento nos postos caiu de 7.372 procuras para 3. 444, redução de 46%. A baixa demanda fez com que os pontos dedicados fossem centralizados no Milton Lopes, na Cafeteira e na Vila Nova. Os casos positivos despencaram para 403, média diária de 13.43. 

Em maio, nos primeiros 11 dias, busca aos postos, com relação a março, caíram 67% e a média diária de casos positivos despencou para 8,6 – pouco mais de um terço do que se verificava antes. No boletim da última segunda-feira, 10, os leitos de UTI do Estado estavam 48% ocupados; os do Município, 30% - bem diferente do que se verificou em março, quando beiramos uma superlotação.

A vacinação dos grupos de risco, principalmente idosos e pessoal da Saúde, e a fiscalização intensa da Prefeitura pelo cumprimento das medidas restritivas, já se refletem na queda da pandemia.

Na terça-feira, 11, o secretário de Governo, Eduardo Soares, pediu às pessoas que olhem com cautela as flexibilizações adotadas. “É importante que a vacinação siga seu curso, que todos procurem no tempo certo pela segunda dose e que ainda se mantenham cuidados básicos, como a máscara, mão higienizadas e os distanciamentos recomendados. Estamos avançando, sempre com muita responsabilidade”- disse Soares.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...