MENU

27/04/2021 às 21h00min - Atualizada em 27/04/2021 às 21h00min

Homens são presos acusados de triplo latrocínio em uma fábrica na zona rural de São Luís

O crime aconteceu no dia 15 de janeiro deste ano, em uma fábrica de caixotes nas proximidades do Residencial Albino Soeiro

Assessoria/PC-MA
Sede da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) em São Luís - Foto: Gilson Teixeira
São Luís - Dois homens foram presos, suspeitos do crime de triplo latrocínio em uma fábrica na região da Andiroba, na zona rural de São Luís. As prisões foram realizadas na segunda-feira (26) e nesta terça-feira (27).

O crime aconteceu no dia 15 de janeiro deste ano, em uma fábrica de caixotes nas proximidades do Residencial Albino Soeiro. Segundo informações da Polícia Civil do Maranhão, as prisões foram feitas pela Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP), durante uma operação batizada de “Triplo X”.

Consta nas investigações que no dia 15 de janeiro deste ano, os três autuados invadiram uma fábrica de caixotes nas proximidades do Residencial Albino Soeiro, onde renderam várias pessoas que estavam presentes no estabelecimento.

As vítimas foram ameaçadas e espancadas pelos criminosos. Na hora do crime, os homens disseram que três vítimas eram de facção rival e por isso deveriam morrer.

Ainda de acordo com as investigações, após espancar algumas vítimas e subtrair seus pertences, os três investigados assassinaram as três vítimas identificadas como: Franklin Oliveira do Nascimento, Denilson Gomes Silva e Denis D’Victor Gomes Silva.

O trabalho de investigação foi coordenado pela Delegacia de Homicídios da Área Leste 2 da Polícia Civil. Os presos foram interrogados e encaminhados para a custódia da Polícia Penitenciária.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...