MENU

25/04/2021 às 22h01min - Atualizada em 25/04/2021 às 22h01min

Vigilância Sanitária do Estado ultrapassa 10 mil ações de fiscalização durante a pandemia

Agência de Notícias Maranhão
Ações tiveram como objetivo a verificação das normas sanitárias por conta da pandemia (Foto: Caio Oliveira)

  
A Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa), serviço ligado à Secretaria de Estado da Saúde (SES), já realizou 10.065 ações de enfrentamento à Covid-19 desde março de 2020. Foram 8.981 inspeções em estabelecimentos comerciais, 917 blitzen para verificação do cumprimento das normas restritivas, 121 barreiras sanitárias no Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado e 46 barreiras de trânsito na capital São Luís.

“Temos cumprindo uma extensa agenda de orientação de todos os segmentos produtivos do estado, assim como de toda a sociedade maranhense visando à implementação de protocolos para que a gente garantisse a manutenção do funcionamento dessas atividades e, ao mesmo tempo, protegendo a vida de todos as pessoas inseridas naquele processo produtivo”, destaca o superintendente de Vigilância Sanitária do Estado, Edmilson Diniz.

De acordo com o último Boletim Informativo emitido pela Suvisa, de 22 de abril, foram lavrados 8.981 Termos de Fiscalização; 1.706 Termos de Intimação exigindo o cumprimento de diretrizes sanitárias; 304 Autos de Infração, conduzindo para abertura de processos administrativos sanitários; 61 multas e 38 interdições sanitárias de estabelecimentos reincidentes ou que se recusaram a cumprir o decreto estadual.

As ações tiveram como objetivo a verificação do cumprimento das normas restritivas emitidas pelo Governo do Maranhão e contemplaram tanto os municípios da região metropolitana, como também do interior do estado. A implementação das diretrizes sanitárias está sendo direcionada também às demais cidades do estado por meio de notas técnicas e diálogo com as gerências locais.

Na capital, os agentes sanitários identificaram maior incidência de registros em bairros como Centro (6,8%), São José de Ribamar (6,6%), Calhau/Litorânea (6,2%), Cohatrac (4,3%), Cohama (3,7%), Cohab (3,4%) e João Paulo (3,1%). Dos estabelecimentos visitados, a categoria Moda foi a que apresentou maior destaque com 18,1% (1.826 inspeções), seguido das categorias Bares/Restaurantes com 14,7% (1.480) e Supermercados com 11,6% (1.164).

As atuações da Vigilância Sanitária Estadual contam com a parceria do Corpo de Bombeiros (CBMMA), Polícia Militar (PMMA) e Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA). Elas são efetuadas diariamente, incluindo sábados, domingos e feriados, nos três turnos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...