MENU

23/04/2021 às 21h00min - Atualizada em 23/04/2021 às 21h00min

Imperatriz projeta orçamento 50% maior para a Série D, mas precisa de ajuda

Wagner Ayres, presidente do Imperatriz

Assessoria/SID
Foto: Arquivo/O PROGRESSO
Com a despedida do Imperatriz no Campeonato Maranhense 2021, agora a diretoria concentra seus esforços no planejamento para a Série D do Campeonato Brasileiro. A primeira informação oficializada pela gestão é a ampliação da projeção orçamentária para a quarta divisão: R$ 600 mil, um valor 50% maior que o aplicado no estadual.

Apesar da projeção do orçamento, o clube continua enfrentando dificuldades financeiras, principalmente pela falta de patrocínios e a impossibilidade de público no estádio por causa da pandemia. 

“Começamos o campeonato estadual com uma dívida de R$ 250 mil e gastamos cerca de R$ 400 mil para disputar o Maranhense. Sem muita ajuda, sem muito apoio, sem muito patrocínio, mas chegamos ao final, infelizmente com um resultado que não era desejado por ninguém”, pontuou o presidente da agremiação, Wagner Ayres.

Planejamento para a Série D

Pelo menos três técnicos já estão no raio de sondagem do Imperatriz para a condução do time no Brasileiro. A diretoria também segue em busca de jogadores em todas as regiões do país para formar o elenco que vai jogar a quarta divisão. É neste momento de planejamento que o presidente do Cavalo de Aço, Wagner Ayres, reforça o pedido por apoio ao único time da cidade que vai jogar o Brasileirão.

“A gente saiu de uma competição praticamente sem dinheiro e nós vamos entrar em uma outra competição sem dinheiro também. Isso dentro de uma reestruturação de um time não é fácil. A gente sabe que a dificuldade vai ser grande porque é um time que ainda está desacreditado, mas o Cavalo de Aço vai, sim, disputar a Série D. Já começamos a fazer os contatos com empresas e empresários da região, que possam ser parceiros, como também com técnicos e jogadores com o objetivo de honrar o nome do Imperatriz, uma vez que o clube já está dentro da competição”.

A estreia do Imperatriz na competição está prevista para o dia 5 de junho, em casa, contra o Palmas/TO. Somente na primeira fase do Brasileiro, o Cavalo de Aço terá 14 rodadas para cumprir contra os times dos estados do Maranhão, Pará, Tocantins, Piauí e Ceará.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...