MENU

22/04/2021 às 18h00min - Atualizada em 22/04/2021 às 18h00min

Técnico do Moto diz que “não pode faltar vontade para jogar e isso não vou aceitar”

Equipe motense acumulou a segunda derrota, mas mesmo assim encerrou a primeira fase na liderança

Daniel Amorim
Técnico Júnior Amorim reclamou da falta de empenho na derrota para o Pinheiro - Foto: Hiago Ferreira/Moto Club
Em mais uma atuação abaixo da expetativa, o Moto Club perdeu pela segunda vez no Maranhense, desta vez para o Pinheiro, em partida disputada nesta quarta-feira (21). A equipe rubro-negra levou dois gols no primeiro tempo, melhorou na etapa final, mas isso não foi suficiente para evitar a derrota no estádio Costa Rodrigues.

Após o jogo, o técnico Júnior Amorim não poupou críticas à equipe, principalmente por conta do baixo rendimento nos primeiros 45 minutos de jogo. O treinador foi bem claro ao dizer que faltou atitude para o time motense e deu um recado para o elenco.

“A gente tem trabalhado muito forte para que possamos evoluir. E hoje era um jogo de afirmação, onde coloquei alguns atletas para ganhar ritmo de jogo. Nós vamos cobrar, pois eu não estou falando sobre resultado, estou falando sobre vontade, empenho. Não pode faltar vontade para jogar e isso eu não vou admitir enquanto eu for o treinador. Quem entrar no campo e não se entregar, deixar tudo lá dentro, comigo vai ser difícil de jogar”, disparou Amorim.

Mesmo com a derrota, o Moto Club concluiu a primeira fase do Estadual na liderança, com 15 pontos, já que o Sampaio também perdeu na rodada e parou nos 13 pontos. O Papão agora pensa nas semifinais da competição, onde terá a vantagem de fazer o jogo de volta com o mando de campo.

“Vamos repensar tudo, pra gente poder eliminar o que foi ruim e focar no que foi bom. Temos uma semifinal e falei para eles que, se for desse jeito, vai ser ruim. Mas se tivermos a atitude que apresentamos contra o Sampaio e melhorarmos a nossa qualidade de passe, nós vamos ter mais possibilidade de ter êxito nos jogos”, concluiu o técnico rubro-negro.

Após a classificação, o Moto Club terá alguns dias para fazer ajustes, pois só voltará a campo em maio, para disputar as semifinais do Estadual. Como terminou a primeira fase na liderança, o Rubro-Negro enfrentará o time que avançar na segunda fase e tiver a pior campanha.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...