MENU

22/04/2021 às 18h00min - Atualizada em 22/04/2021 às 18h00min

Vereadores pedem legalização do campinho do Santa Inês e mudança de nome para ‘BUZUCÃO’

Sidney Rodrigues
ASSIMP
Vereadores querem o estudo em defesa de interesse público de um campinho no Santa Inês e posterior nomeação do espaço como ‘Buzucão’. - Foto: Fábio Barbosa
Nesta quinta, 22, o presidente da Câmara, Alberto Sousa (PDT), solicitou através de indicação legislativa de autoria de todos os vereadores ao prefeito Assis Ramos e ao secretário municipal de Esporte, Lazer e Juventude, Luiz Gonzaga Pereira, que seja vista a viabilidade de doação ou aquisição de uma área privada conhecida como “campo das cobras” para se tornar um campo de futebol permanente e seja dado o nome “Buzucão” ao espaço em homenagem ao ex-vereador José Carneiro Santos (in memoriam), falecido em março e grande apoiador do esporte e da cultura de Imperatriz.

O vereador Alex Silva (PL) fez a defesa da matéria, relatando que deve se perpetuar a memória e história de um homem que ajudou a construir as boas coisas de Imperatriz. Além disso o bairro tem muitas áreas particulares que são de utilidade pública para fins de lazer e esporte. Pediu que o município possa através de estudo e posterior negociação para cessão ou compra, possa fazer essa benfeitoria, pois há mais de 30 anos existe um campinho de futebol que é cuidado pela prefeitura.

O presidente Alberto Sousa comunicou que na semana passada esteve no bairro em frente ao campo e viu aproximadamente 40 jovens e crianças praticando esporte. 

“Ali vi não só um gramado, ou um espaço, mas um ambiente de lazer e recreação onde os jovens podem praticar esporte, ter uma diversão que a maioria não pode pagar para ter. Aquelas atividades livram das drogas e da criminalidade. Sei da necessidade de um campo público naquele setor. Está há décadas sendo utilizado dessa forma. O próprio dono, o empresário, seu João Jacó, disse que colocou o campo na época porquê viu que um menino magrinho chamado Buzuca era muito dedicado ao esporte. O gesto foi feito em nome daquela criança, por isso devemos sim fazer um esforço para que essa área possa continuar pública, seja melhorada para a comunidade, além de prestarmos esta grande homenagem a esse grande vereador que se foi”. 

A decretação de utilidade pública e posterior desapropriação dará tranquilidade aos moradores que convivem com a possibilidade de venda do terreno, como também permitirá que o Poder Público Municipal possa realizar melhorias, trazendo conforto aos usuários do espaço. O documento foi assinado por todos os vereadores e será encaminhado para análise do executivo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...