MENU

21/04/2021 às 17h02min - Atualizada em 21/04/2021 às 17h02min

Atletas com deficiência comemoram parceria da Prefeitura com Instituto Reviver

A iniciativa pretende implementar o esporte adaptado para pessoas com deficiência em Porto Nacional

Da Redação
Secom PMPN
Presidente e fundadora do Instituto Reviver, Soraia Maria Tomaz - Foto: Divulgação/Secom PMPN

 
Porto Nacional (TO) - Inclusão social, qualidade de vida, convívio social, autoestima são alguns dos benefícios, sejam eles físicos, psíquicos e, até mesmo, sociais, que o esporte pode agregar na vida das pessoas com deficiências.

Com intuito de valorizar e promover ações inclusivas por meio do esporte, a Prefeitura de Porto Nacional, através da Secretaria Municipal de Esporte firma parceria com o Instituto Reviver. Uma das ações a serem efetivadas é a implementação do esporte adaptado em Porto Nacional.

Um dos atletas que comemora a parceria, é o João André de Farias, ele ressalta da gratidão que tem pelo esporte, “desde de pequeno eu sempre gostei de praticar esporte, hoje eu tenho vinte anos, e até hoje pratico'', conta o jovem.

Segundo o Secretário de Esportes, Diógenes Gonçalves, pretende-se implementar em Porto Nacional modalidades esportivas adaptadas, como: Atletismo, Bocha, Tênis de Mesa, Parabadminton, Natação e a Paracanoagem. “Vamos reestruturar o Centro Olímpico para a realização do esporte inclusivo, incluindo, a pista de atletismo”, disse o secretário.

Ele ressalta, que essa parceria vem para incluir pessoas com deficiência que desejam praticar esportes, e até mesmo treinar para competições de alto rendimento, a nível estadual, nacional e mundial. Pessoas como o atleta IIquias Lopes Pereira, que tenta uma colocação na seletiva para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, no Japão, previsto para acontecer entre 24 de agosto e 5 de setembro de 2021. Iquias tem deficiência física e busca classificação na modalidade Atletismo.

“Essa parceria vem para somar, pois o instituto tem a experiência. Isso representa oportunidades na vida das pessoas com deficiência”, comemora o paratleta, que vê no apoio da Prefeitura a chance conquistar uma vaga paralímpica.

A união da Prefeitura com o Instituto Reviver também agradou a Mirian Cristhian Serafin, mãe do jovem João André de Farias. Para ela, essa é uma oportunidade de dar mais qualidade de vida ao filho, que tem deficiência. “Esse encontro fará uma grande diferença na vida das crianças e jovens com necessidade especial, pois trará qualidade de vida. Digo isso, porque enxergo a transformação que o esporte gera, eles lutam contra os seus próprios limites”, ressalta a mãe.
 

INSTITUTO REVIVER

A Presidente e fundadora do Instituto Reviver, Soraia Maria Tomaz, conta que o Instituto foi criado em 2015, atua fomentando o esporte adaptado e oferecendo assistência social aos beneficiários. A nova iniciativa dará mais oportunidade às pessoas com deficiência de conhecer e praticar atividades paradesportivas como Atletismo, Bocha Adaptada, Natação, Parabadminton e Paracanoagem.

"Além do ganho motor e físico, o esporte inclusivo vai além, promove a sociabilidade, autonomia, com a prática do esporte é possível projetar para o futuro uma nova realidade,” enfatizou a presidenta.

Ela pontua que os paratletas que residem em Porto Nacional não precisarão mais se deslocarem à Palmas toda semana para realizarem os treinamentos. A expectativa é que a partir da parceria e apoio da gestão municipal o Centro Olímpico de Porto Nacional se torne um modelo de inclusão.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...