MENU

20/04/2021 às 20h00min - Atualizada em 21/04/2021 às 16h00min

Começa vacinação para servidores das redes municipal e particular

Na primeira etapa são imunizados trabalhadores acima de 62 anos

Sara Ribeiro
Ascom PMI
Nessa primeira remessa estão sendo imunizados 170 servidores na faixa etária acima 62 anos. - Foto: Sara Ribeiro
  
Com um sorriso no rosto, a professora Maria de Jesus Sousa, 62 anos, foi uma das primeiras contempladas com a vacina contra a Covid-19. Lotada na Escola Municipal São Jorge na Vilinha, ela fez questão de registrar o momento mais esperado dos últimos meses. “É um alívio grande, porque cuido da minha mãe de 83 anos. Ela já tomou a primeira dose e está aguardando completar o ciclo para receber a segunda. Se não fosse pela vacina da educação eu ainda iria demorar mais uns dias para ser atendida”, comemorou.

Com a liberação do primeiro lote para os servidores da Educação, a Prefeitura montou mais um ponto de imunização para atendimento exclusivo da categoria a partir desta terça-feira, 20. Para garantir todas as medidas de prevenção, as secretarias da Saúde e Educação organizaram logística de atendimento na Escola Municipal Santa Maria, no bairro Nova Imperatriz. Atendimento é feito por ordem de chegada, com controle de acesso ao prédio da unidade, fila de espera no pátio com cadeiras cumprindo distanciamento de dois metros, uso de máscara e higienização das mãos.

Devido ao número restrito de doses disponibilizadas pelo Governo do Estado, nessa primeira remessa estão sendo imunizados 170 servidores com idade superior a 62 anos. Nesse grupo, além dos professores,  são  contemplados todos os profissionais que atuam na rotina das escolas, como gestores, coordenadores, auxiliares e administrativos, inclusive dos setores de limpeza e alimentação.

“Para garantir atendimento, os servidores devem apresentar documento de identificação com foto, cartão SUS, e o contracheque que comprove sua atuação na educação pública municipal, ou declaração de vínculo com a escola onde atua. Também estamos atendendo os trabalhadores da educação básica da rede privada”, explicou José Antonio Pereira, secretário municipal de Educação.

Conforme planejamento da gestão municipal, desde o início da pandemia, todas as medidas orientadas pelas autoridades sanitárias estão sendo executadas para que o retorno às salas de aula seja seguro para servidores, alunos e comunidade.

“Nossas equipes estão de prontidão para executar a vacinação em larga escala. Infelizmente, ainda não recebemos quantitativo suficiente para imunizar todos os trabalhadores da educação. Acreditamos que em breve poderemos retornar para as escolas, que estão sendo modernizadas, com segurança, já vacinados”, comentou o prefeito Assis Ramos. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...