MENU

19/04/2021 às 10h20min - Atualizada em 19/04/2021 às 10h20min

Polícia Civil desvenda homicídio no Maciço de Baturité e identifica dois suspeitos de envolvimento no crime

Da Redação
Ascom PC/CE
Foto: Divulgação/Ascom PC/CE
  
Baturité (CE) - Uma investigação conduzida pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na elucidação de um homicídio na região do Maciço de Baturité, na Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15). Dois homens foram identificados como suspeitos do crime. A vítima estava desaparecida há mais de 45 dias e teve seu corpo encontrado, nesse sábado (17), em uma ação que contou com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE).

As investigações iniciaram após familiares da vítima de 17 anos procurarem a Polícia Civil para comunicar o desaparecimento do jovem. As diligências apontaram Ramon Freitas da Silva, 24 anos, e um adolescente de 16 anos como responsáveis pelos disparos de arma de fogo que tiraram a vida da vítima. O local do crime, como indicam as apurações policiais, foi nas proximidades da região conhecida por “Açude do Tronco”, no município de Capistrano (AIS 15). Após o crime, os suspeitos enterraram o corpo da vítima em uma cova funda.

De acordo com as oitivas realizadas no curso das investigações, a vítima teria se tornado alvo dos suspeitos após ter dito algo sobre a roupa que a companheira de Ramon estava vestida, o que levou os suspeitos a acreditar que a vítima teria interesse em se relacionar com a mulher. Ainda conforme as apurações, suspeitos e vítima eram amigos e envolvidos em roubos na região.

Ramon já se encontra recolhido no sistema prisional desde o dia 30 de março deste ano. Ele acumula antecedentes criminais por tentativa de homicídio, receptação, ameaça, resistência, corrupção de menores, tráfico de drogas, associação para o tráfico e por integrar organização criminosa. Já o suspeito menor de idade, que já responde a um ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas do ano de 2020, foi conduzido e ouvido pelos investigadores.

Em depoimento, todos confessam o crime e indicaram a localização do corpo da vítima para as equipes policiais. Agora, os envolvidos responderão a um inquérito policial e a um ato infracional análogo aos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. A Polícia Civil apura o envolvimento de uma terceira pessoa na morte do homem.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3347-4241, da Delegacia Regional de Baturité. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »