MENU

16/04/2021 às 18h00min - Atualizada em 16/04/2021 às 18h00min

Vereadores aprovam Moção de Protesto a privatização dos Correios

Sidney Rodrigues
ASSIMP
Vereadores de Imperatriz apoiam o movimento de não privatização dos CORREIOS - Foto: ASSIMP- Gidel Sena
Na sessão desta quinta (15), os vereadores, após ouvida a plenária, aprovaram a Moção de Protesto, incialmente de autoria do vereador Aurélio Gomes (PT), que depois foi transformada em em proposição coletiva de todos os parlamentares, à pretendida privatização da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT. 

Procurados pelos representantes dos funcionários dos correios, liderados pelo ex-vereador Mariano Dias, pediram o apoio para fortalecer o movimento contra s privatização. 

Considerando que os CORREIOS são a única entidade do Governo Federal presente em todo o território nacional e que prestam serviços de interesse social muito relevante como o transporte e a entrega de correspondências e encomendas, e de atendimento e serviços financeiros, inúmeros serviços para órgãos públicos municipais, estaduais e federais, como o recebimento de impostos, taxas e pagamentos de benefícios sociais, inscrições em cadastros e concursos, logística de eleições, distribuição de livros didáticos, provas de concursos públicos, distribuição de medicamentos e vários outros, os CORREIOS realizam seus serviços de forma operacional o que fez a população reconhecer a empresa como uma das instituições públicas mais confiável ao longo do tempo. 

São parceiros e fator de fomento das pequenas e medias empresa principalmente das que trabalham com comércio eletrônico. Traz grandes benefícios para o desenvolvimento e integração nacional, para a população e a economia do Brasil na oferta de seus serviços para a população e para todas as localidades do interior do país.  

Considerando o fato do Governo Federal anunciar estudo de privatização, esta Moção é contra tal fato e em favor da manutenção do serviço como empresa pública.
 
A Moção após aprovada, será encaminhada como prova de grande preocupação e apoio para as seguintes autoridades: Presidente da República, Senado, presidente do Senado Federal, deputados, presidente da Câmara Federal, ministro da Casa Civil, ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, ministro da Economia, presidente dos Correios, bem como para todos os deputados federais e senadores representantes de nossa região. 

Aurélio destacou que os CORREIOS são importantes para o país e para o povo brasileiro, presente em todo o território nacional com um serviço de interesse social muito relevantes de transporte, entrega, encomendas, atendimentos e serviços financeiros. Para ele o movimento de não privatizar é para tentar frear as privatizações e o que mais preocupa é que a empresa que comprar a estatal será subsidiada, só conseguirá funcionar com ajuda do governo e não poderá funcionar em todas as cidades. 

“Os CORREIOS têm lucro e conseguem sobreviver sozinho através dos seus colaboradores e do povo brasileiro que utiliza o serviço. Nós apoiamos essa causa. O lucro bruto da estatal aumentou em mais de R$ 200 milhões nos últimos dois anos, alcançando quase 3 bilhões de reais. Não precisamos vender, precisamos é investir e melhorar os serviços.” 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...