MENU

14/04/2021 às 00h00min - Atualizada em 14/04/2021 às 00h00min

Moto e Sampaio em mais um ‘superclássico’ vale a liderança do Campeonato Maranhense 2021

Jogo acontece hoje, com início previsto para às 20h30 no Castelão na capital maranhense

Dema de Oliveira
Mota e Flamel são dois expoentes do ‘Superclássico’ de hoje - Foto: Divulgação
Depois de disputarem o título do Campeonato Maranhense de 2020, que acabou com a conquista do Tricolor, Moto e Sampaio, voltam a se enfrentar. Desta feita, em jogo válido pela 5ª rodada da primeira fase do Campeonato Maranhense 2021, que foi adiada por compromissos do Sampaio, pela Copa do Nordeste, da qual é único representante maranhense. Jogo acontece hoje, com início previsto para às 20h30 no Castelão na capital maranhense 

O ‘superclássico’ de hoje, vale a liderança do Campeonato, que está com o Sampaio, que tem 13 pontos, contra 12 do Moto que é o vice-lider.

Nenhum dos treinadores, adiantaram suas equipes. Existe a possibilidade do Sampaio sair jogando com um time alternativo, pensando no compromisso de sábado contra o Ceará em Fortaleza, pela Copa do Nordeste. Já o Moto, que disputa apenas o estadual, vai com força máxima, inclusive com os recém contratados, casos de Flamel, Marquinhos, Thayson, Mourinho e Clebson Feijão.

O goleiro Mota, do Sampaio Corrêa, concedeu entrevista coletiva na reapresentação da equipe e no start para o Superclássico. O defensor falou da vontade de sair vencedor diante do Moto e soltou um “vamos forte” quando se direcionou a partida.

“No jogo contra o CSA não foi o nosso melhor desempenho e a gente sabe disso. E agora temos um clássico contra o Moto, estamos bem preparados e vamos forte para esse clássico. Espero que a gente saia com a vitória”, disse.

O meia Flamel vive a expectativa de jogar o seu primeiro Superclássico e ele já está treinando no CT Pereira dos Santos, está bem fisicamente, pois estava em atividade no Nacional-AM, mas ainda não ganhou condição de jogo junto ao BID da CBF.

O jogador vai jogar pela primeira vez o Campeonato Maranhense, pois em 2020 ele chegou em outubro ao Moto para reforçar o time na Série D do Brasileiro.

“A gente acredita no potencial do grupo e voltar eu vestir a camisa do Moto é motivo de muita felicidade. Volto agora com esta motivação de voltar a vencer e sempre ter bons resultados. Poder jogar um Superclássico é muito importante”, disse Flamel.

Para comandar o “Superclássico’, a Ceaf escalou os seguintes árbitros: Raimundo José Chagas Araújo, é o árbitro central, com as assistências de Antônio José dos Santos Galvão e José dos Reis Santos Aguiar. O quarto árbitro será Jorge Luís Viana da Silva e o analista de campo Marcelo Bispo Nunes Filho.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...