MENU

13/04/2021 às 18h00min - Atualizada em 13/04/2021 às 18h00min

Vacina contra Influenza começa com crianças de 6 meses a menores de 6 anos

Esta primeira fase vai até o dia 23 de abril para imunização e atualização de carteirinha de vacina

Ascom PMI
Saul Rocha Cardoso tomou a vacina contra a Influenza e atualizou a carteirinha de vacinação - Foto: Divulgação
  
Crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos  11 meses e 29 dias) são o público-alvo prioritário da primeira fase da campanha nacional de vacinação contra Influenza Trivalente no Município de Imperatriz.

A imunização para este público prioritário e atualização da carteirinha de vacina contra outras doenças da infância teve início nesta segunda-feira,12 e prosseguirá até o dia 23 de abril, em todas as Unidades Básicas de Saúde, UBS.

Conforme recomendação da Secretaria Municipal de Saúde, Semus, a imunização acontece das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, com a adoção dos protocolos sanitários contra a Covid-19.

A secretária de Saúde, Mariana Jales, observou que o Município iniciou a vacinação contra a Influenza, mas mantém a campanha da Covid-19 e aproveitou para convocar as mães para levarem as crianças as Unidades Básicas de Saúde,UBS.

“No domingo vacinamos o dia inteiro contra a Covid-19 e hoje iniciamos a campanha de vacinação da Influenza que é extremamente importante. Pedimos às mães que levem as crianças para os postos de saúde para vacinar e atualizar a carteirinha de vacinação”, convidou a titular da Semus durante visita à UBS Ana Daves, no Parque do Buriti.

Responsável Técnica de Imunização,  Socorro Ribeiro, explicou que são vários grupos prioritários que serão imunizados durante toda a campanha iniciada nesse segunda-feira e vai até o dia 9 de julho totalizando 66.288 pessoas. Ela ressaltou que o Município optou por iniciar a vacinação pelas crianças como estratégia de trabalho em razão de estar sendo realizada, também, neste período a vacinação contra a Covid-19.

“Em virtude da campanha da Covid-19, da necessidade de distanciamento social, decidimos que essas duas primeiras semanas de 12 a 23 de abril, serão dedicadas exclusivamente às crianças de seis meses a menores de 6 anos por quê não vai haver tumulto e, também, nossos recursos humanos estão divididos entre a campanha da Covid e da Influenza”, justificou.

Primeiro dia

O primeiro dia da vacinação foi de pouca procura na maioria das UBS´s, fato considerado natural, segundo Socorro Ribeiro. Muitas pessoas buscam as UBS a partir do segundo dia quando vêm a divulgação nos meios de comunicação da cidade.

A dona de casa Gleide Sena Rios foge essa estatística. Logo que tomou conhecimento da disponibilidade da vacina levou sua filha Teresa Cristina, 4 anos, até a UBS Ana Daves, no Parque do Buriti.

“Esta vacina é muito importante e por isso que eu vim logo para ela ficar imunizada pelo menos contra a Influenza, já que não tem ainda contra o novo coronavirus para crianças”, disse Gleide  que garantiu que a carteirinha de vacinação da filha está atualizada.

Mãe de três filhos, Deane Pereira da Silva levou o caçula Luís Henrique, de 9 meses, para receber a dose da vacina contra a Influenza.

“Meu filho já tem umas vacinas que estão atrasadas então a enfermeira me informou que era para mim trazer ele hoje e vou aproveitar para fazer a vacina da gripe”, disse a mulher. Outro que recebeu a vacina hoje foi Saul Rocha Cardoso, de 2 anos e 4 meses.

Etapas da campanha

A próxima etapa será do dia 26/04 a 10/05 quando serão imunizadas as gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde.

Do dia 11/05 a 08/06 será a vez de idosos de 60 anos ou mais e professores de 18 e mais.

Já após 09/06 até 09/07 serão os seguintes grupos prioritários: pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade, que estão em medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

As UBS

Vale ressaltar que a  UBS Cafeteira está atendendo exclusivamente os sintomáticos respiratórios, por isso a vacinação no bairro está ocorrendo na igreja Ágape, localizada próxima à unidade. Já as pessoas que são atendidas pela UBS Milton Lopes, atualmente funcionando como Ambulatório de Covid-19, deverão procurar a UBS Ana Daves no Parque do Buriti. A UBS Maria Aragão volta a funcionar normalmente para vacina contra a Influenza.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...