MENU

06/04/2021 às 00h00min - Atualizada em 06/04/2021 às 00h00min

Pioneiro do jornalismo, Hercules Dias morre de covid-19, depois de 45 dias na UTI

Ele atuou como radialista, cronista esportivo, repórter policial e assessor

Da Assessoria
O jornalista faleceu neste domingo após quase 50 dias lutando contra a doença - Foto: Arquivo Pessoal
Goiânia (GO) - O jornalista Hércules Dias, 68 anos, faleceu na noite deste domingo (04) devido a complicações causadas pela covid-19. Ele estava internado há 45 dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Palmas, mas não resistiu à batalha contra a doença.

HD, como era carinhosamente conhecido, deixa um legado construído em 50 anos de atuação no jornalismo goiano e tocantinense. Durante a carreira, o jornalista passou por vários jornais nos estados do Tocantins, Goiás e Distrito Federal.

O comunicador atuava como editor chefe no Portal Stylo, assinava uma coluna diária no jornal Diário da Manhã, de Goiânia, e era dono de um dos principais sites de notícias políticas de Goiás.

Hércules Dias atuou como radialista, cronista esportivo, repórter policial, repórter televisivo, assessor de comunicação, tendo passado por várias instituições públicas e privadas e colunista em diversos veículos.

A diretora do Portal Stylo, Fátima Fernandes, que é esposa de Hércules, lembrou o trabalho desenvolvido pelo jornalista. “Sempre foi um apaixonado pelo jornalismo, atuou de maneira eficiente em todos os trabalhos que realizou. Além disso, ele era um homem extraordinário”, disse.

O sepultamento será em Goiânia e com restrição a familiares. Ele deixa esposa, três filhas e netas.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...