MENU

06/04/2021 às 00h00min - Atualizada em 06/04/2021 às 00h00min

Hospital fecha pronto atendimento covid-19 em Araguaína; faltam leitos e pontos de oxigênio

A cidade ainda tem quatro pacientes na fila de espera por UTI

Da Assessoria
Araguaína (TO) - O Hospital Dom Orione, o maior da rede privada na região norte do Tocantins, divulgou um comunicado à população, nesta sexta-feira (2), informando sobre o fechamento do Pronto Atendimento Covid-19.

A medida extrema foi tomada em razão de o hospital não dispor mais de nenhum ponto de oxigênio nem leitos disponíveis. O fechamento será mantido até a desobstrução de algum leito.

O hospital vem operando com sua capacidade máxima há várias semanas. São 15 leitos de UTI Covid que estão permanentemente lotados. O portal Integra Saúde diz que há somente 1 vaga disponível.

O Hospital Regional de Araguaína (HRA) também está com 100% de lotação em todos os 17 leitos de UTI Covid, bem como o Hospital Municipal de Campanha, onde há 10 leitos regulados.

Nessa quinta-feira (1º de abril), o sistema de saúde de Araguaína recebeu um reforço do Governo do Estado com a abertura de mais 10 leitos no Instituto Sinai, dos quais 6 já foram ocupados imediatamente. Mesmo assim, a cidade ainda tem quatro pacientes na fila de espera por UTI.

O Tocantins possui atualmente 528 pessoas hospitalizadas em tratamento contra a Covid-19, sendo 259 pacientes nas UTIs públicas e privadas.

O estado contabiliza 142.493 casos confirmados, sendo que 17.834 estão ativos e 122.580 pacientes recuperados. O Tocantins perdeu 2.079 vidas.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...