MENU

26/08/2020 às 00h00min - Atualizada em 26/08/2020 às 00h00min

Gamificação melhora aprendizagem de crianças e de adolescentes durante pandemia

(Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA)
Além de motivar alunos em período de ensino a distância, atividades envolvendo o uso do jogo Minecraft melhoraram a comunicação entre alunos e professor - Foto: Divulgação
SÃO LUÍS - Nos últimos anos, o uso da tecnologia na Educação passou a ser realidade nas escolas do Serviço Social da Indústria (SESI) no Maranhão. Além da inclusão da Robótica, que já virou marca da Rede SESI de Educação no estado, outras iniciativas também respondem por este sucesso, como a adesão da entidade ao Office 365 da Microsoft que propiciou aos  alunos uma série de vantagens educacionais, que ganharam ainda mais importância durante o período de pandemia. 
Uma delas foi o uso do jogo Minecraft, que já usado nas escolas do SESI, no desenvolvimento  de competências  e habilidades dos componentes  curriculares, e despertou o interesse dos estudantes, que, em grupos, se organizaram, e se engajaram, com a ajuda de seus professores, e incentivadores, para elaborar o que havia sido demandado na atividade, avaliadas enquanto  processo  educacional.  
Elayne Brito, da coordenação de Educação do SESI-MA, explica que, graças à parceria com a Microsoft, foi possível, na pandemia, permitir que os estudantes tivessem acesso ao Minecraft Education Edition de suas casas. De acordo com ela, os alunos realizam diversas atividades envolvendo o uso do jogo, e todas elas comprovaram que o uso da gameficação como recurso educacional favorece a aprendizagem. "Disponibilizamos para os nossos alunos uma ferramenta que promove a interação, e possibilita tantas oportunidades de aprendizado, inclusive de matemática", afirma.  
Isso mesmo, usando o jogo para aprender matemática. A atividade escolar desenvolvida pela professora Fabíola Vidal Araújo dos Santos, da Escola SESI Marly Sarney, de Imperatriz, para os alunos do 5º ano do ensino fundamental era construir uma ponte no Minecraft, utilizando a ferramenta disponibilizada no Portal SESI Educação (Office 365), evidenciando a interdisciplinaridade com matemática trabalhando retas. 
"O Minecraft é um jogo eletrônico que permite aos jogadores entrar em um mundo onde é possível fazer construções e viver no seu próprio ambiente, usando vários tipos de blocos. Tem como objetivo básico construir e quebrar blocos. Pode compartilhar criações feitas no mundo dos jogos dos amigos. Acredito que seja um dos atrativos que as crianças mais gostam porque oportunizam feitos incríveis e eles se divertem, exercendo assim o trabalho em equipe umas das habilidades a ser desenvolvida dentro da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Nas minhas práticas pedagógicas tenho aplicado a metodologia em todos os componentes curriculares, por exemplo, na matemática e geografia, o aluno pode navegar pelo mundo tridimensional que é uma atividade que requer foco e grande noção espacial, estimula a criatividade e principalmente a concentração", disse a professora Fabíola Santos que tem aplicado principalmente na disciplina de Robótica, trabalhando a interdisciplinaridade colocando em prática as resoluções das situações problemas apresentados no material que as crianças adoram.  
Matific, outra ferramenta  pedagógica  disponível  no Portal SESI Educação, que é uma plataforma voltada para o ensino de Matemática para crianças do Ensino Fundamental, que aprendem por meio de jogos e situações do dia a dia. Segundo a professora a fixação dos conteúdos de matemática tem sido mais significativa e interessante para os alunos. 
O professor de Ciências do 7º e 8º ano do Ensino Fundamental Anos Finais da Escola SESI Anna Adelaide Bello, em São Luís, Marcelo Cássio Lima dos Santos, destaca que o Minecraft Education Edition é umas das ferramentas de gameficação de suporte ao ensino aprendizagem. Nesse jogo os alunos são levados a um ambiente digital imersivo para resolver problemas com criatividade e colaboração.    
"Eles ficaram muito animados ao saber que a aula seria com esse jogo. Muitos alunos responderam esse momento de aulas on line excepcionalmente bem. Além disso, os alunos são bem mais ágeis nos comandos no jogo. E isso é muito bom, pois agiliza a tomada de decisões deles na resolução dos problemas apresentados. As aulas virtuais com o Minecraft Education Edition são bem interativas, colaborativas e dinâmicas, pois nesse jogo é preciso conversar com os participantes para desenvolvermos estratégias, portanto, precisamos com os microfones ligados desenvolver estratégias de grupo para concluirmos as tarefas. O jogo ajuda na fixação dos conceitos, pois o desafio/problema só é resolvido se desenvolvermos estratégias a partir do conhecimento de um determinado conteúdo. É uma aprendizagem muito ativa no sentido de busca desse conteúdo. Eu observo como um investimento muito significativo no processo de ensino-aprendizagem. A escola precisa fornecer esse suporte da ferramenta complementando o modo de fazer do professor", enfatiza o professor. 
No primeiro momento, os pais dos estudantes, acostumados a ver jogando Minecraft em seus momentos de lazer, ficaram sem entender nada. "Foi uma mudança brusca, muito repentina. As crianças não estavam acostumadas com esse ensino a distância e fazer com que elas fiquem diariamente 4 horas na frente do computador prestando atenção a aula é complicado. Pensado nisso que o SESI dispôs ferramentas alternativas como os aplicativos e jogos para prender a atenção dos alunos e ajudar no momento da aprendizagem. Eu tenho acompanhado meu filho em casa e estou satisfeita com a metodologia de ensino que a escola adotou", admite Werlyane Dias Sales Lima, mãe do Pedro e analista financeira. 
Já Pedro Lucas Sales Lima, de apenas 10 anos, aproveitou o acesso ao Minecraft Education Edition para explorar outras ferramentas disponíveis no jogo. "A pandemia mudou a vida de todos nós e isso não podemos negar. Foi necessário nos adaptar as novas situações que foram surgindo e uma delas foi as aulas on lines. Nós sentimos muita falta dos colegas e professores, mas a tecnologia diminuiu essa distância e tem nos proporcionado momentos de muito aprendizado. O SESI com a plataforma tem disponibilizado vários aplicativos e a gente apreende de uma forma mais divertida, como o Minecraft e o Matifict. Isso faz com que as aulas sejam bem mais interessantes e ajuda no nosso aprendizado".  

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...