MENU

23/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 23/03/2021 às 00h00min

APAE busca apoio da Câmara para resolver atrasos de repasses

Sidney Rodrigues
ASSIMP
A APAE Imperatriz pede que os vereadores intercedam e busquem a solução para o atraso de repasses - Foto: Gidel Sena
 
A direção da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), esteve na manhã desta segunda-feira (22), com o presidente da CMI, Alberto Sousa (PDT), pedindo apoio e ajuda para manter a instituição funcionando, pois estão há vários meses sem receber os repasses.  

Informaram estar em grande dificuldade para manter os funcionários (que são mais de 60) e quase 500 pacientes para serem atendidos (metade com deficiência física e os outros com deficiência intelectual). Estão dependendo de doações para continuar o trabalho e buscam o auxílio da Câmara para que esta situação seja resolvida o mais rápido possível. 

Maria Margareth Mesquita Araújo (presidente), José João da Silva (vice-presidente), Eanes Marcia Lago (CER - Centro especializado de reabilitação) e Edson Mesquita (captação de recursos) compartilharam a realidade de estarem trabalhando a base de ajudas, doações de entidades e da sociedade em geral. Eles são prestadores de serviço da saúde, onde os repasses são feitos pelo governo federal e entregues pela prefeitura. 

Apresentaram também através de ofício, uma série de demandas urgentes que comprometem o trabalho e o atendimento:  

-Drenagem e construção de um estacionamento; 
-Drenagem das ruas da frente e da lateral da instituição;   
-Construção de brinquedoteca, coordenadoria de Assistência Social e área de convívio para funcionários; 
-Reforma do pátio e do coreto; 
-Manutenção das oficinas; 
-Preservação do local (vigias, zeladoras e materiais de limpeza).

A APAE Imperatriz é uma referência no atendimento as pessoas com deficiência intelectual e múltipla, para as cidades vizinhas e os estados do Pará e Tocantins há mais de quatro décadas e em parceria com o município sempre desenvolveu ações nas áreas de saúde, educação e assistência social, mas comunicaram que a situação atual está crítica. Os diretores contam com a ajuda do Legislativo, pois sabem da sensibilidade da casa para com essas causas e convidaram todos os parlamentares para uma visita a instituição. 

O presidente Alberto Sousa e os vereadores Bebé Taxista, Fábio Hernandez, Terezinha Soares e Alex Silva se prontificaram a buscar os motivos dos atrasos e a resolução do assunto. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...