MENU

20/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 20/03/2021 às 00h00min

Guarda Municipal de Imperatriz comemora um ano de atividades

Dema de Oliveira
Ascom/PMI
A Guarda Municipal de Imperatriz é composta por 81 membros e tem o comando do delegado de Polícia Civil, Josenildo José Ferreira - Patrícia Araújo
  
Entre as várias promessas de campanha do prefeito Assis Ramos, em seu primeiro mandato, a criação da Guarda Municipal de Imperatriz, GMI, foi mais uma que se tornou realidade. Tudo começou com a Lei Ordinária nº 1.694/2017, que criou a instituição, em seguida aconteceu o concurso e todas as etapas de treinamentos. Órgão é referência para a criação e trabalho de outras guardas. 

Depois de passar por etapas de treinamento, a GMI iniciou suas atividades em 20 de março de 2020. Isso aconteceu antes dos guardas terem recebido os armamentos letais, que só foi realizado em outubro, oito meses depois do início das atividades.

A Guarda Municipal de Imperatriz é composta por 81 membros, entre homens e mulheres, tem o comando do delegado de Polícia Civil, Josenildo José Ferreira. É importante destacar o trabalho feito pelo também delegado José Ribeiro de Oliveira, o primeiro comandante. É de autoria dele o hino da Guarda.

Recentemente, Josenildo José Ferreira conseguiu local para a futura sede da corporação. Trata-se de uma área doada pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária-Infraero, que fica localizada na BR-010, número 1346, Vilinha.

O prefeito Assis Ramos declarou que a instituição presta serviços à comunidade, auxilia as polícias e é uma Guarda Municipal bem preparada. “Como eu falava sempre, a GMI não é só para proteger o patrimônio do município, mas também para combater o crime. Nossos guardas têm feito prisões, tem recuperado e apreendido veículos roubados ou furtados, além da organização da cidade. Está fazendo tudo aquilo que uma guarda preparada deve fazer. Estou muito orgulhoso e todos estão de parabéns, incluindo o meu amigo delegado Josenildo, que vem comandando a GMI com grande competência. Não esquecendo também do delegado José Ribeiro, atual presidente do Conservatório Musical do Município, que foi o primeiro comandante”.

Assis Ramos explicou que a “ideia é aumentar o campo de atuação da GMI, modernizando-a e principalmente aumentando o número do efetivo, porque tem vários concursados à espera. Vamos fazer isso no momento oportuno, estamos em uma pandemia e isso cria um obstáculo”. Josenildo José Ferreira afirmou que a GMI é motivo de alegria e satisfação. 

“Todo corpo da Guarda, desde o início, começou em um momento totalmente extraordinário, devido à pandemia. Algo muito novo que a sociedade não conhecia, que apesar do temor, a GMI enfrentou o trabalho com muita coragem, dedicação e zelo. Nossa equipe participa da linha de frente na fiscalização, juntamente com os demais órgãos municipais, dando segurança para que o trabalho dos fiscais seja realizado a contento”.

Balanço de ações 

A Guarda Municipal de Imperatriz vem desenvolvendo um grande trabalho na segurança pública da cidade.

Assim que foram nomeados, os guardas recém-empossados realizaram serviços no Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão), Hospital Municipal Infantil de Imperatriz (Socorrinho), Hospital Municipal de Campanha Covid-19, Unidade Pronto Atendimento (UPA São José), nas Unidades de Básicas de Saúde Milton Lopes, Parque Alvorada, Cafeteira, Vila Lobão e na Prefeitura de Imperatriz.

A GMI integra a força tarefa da Prefeitura de Imperatriz na fiscalização para conter o avanço da pandemia da Covid-19 e campanhas de combate ao uso irregular de linhas chilenas e linhas com cerol. Além disso, também colaborou no período de flexibilização das praias de Imperatriz. 

O Guarda Municipal M. Augusto disse que o sentimento é de orgulho por fazer parte da corporação. “Percebemos a evolução muito rápida, tendo em vista que as etapas para que todos nós pudéssemos chegar no atual estágio. Cumprimos o nosso dever, para o qual fomos formados”.

Órgão também participa de atividades em parceria com a Polícia Militar, conduzindo pessoas para a Delegacia de Polícia Civil de Imperatriz. Outras ações desenvolvidas foram de cunho cidadão, como aconteceu com o resgate de um menino que estava perdido no bairro Bom Sucesso. Guardas também recuperaram várias motocicletas com restrição de roubo, apreensão de drogas e prisões, entre elas de pessoas suspeitas de violência doméstica, enquadradas na Lei Maria da Penha.
  

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...