MENU

17/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 17/03/2021 às 00h00min

ASTT orienta sobre desvio de rotas para construção da Via Norte

Pontes existentes no caminho da nova avenida estão sendo demolidas e serão reconstruídas; prazo para três delas é de 45 dias

Marcelo Martin
Ascom/PMA
Última interdição realizada foi na ponte da Rua 15 de Novembro, no Setor Brasil. Na região, os motoristas devem utilizar acesso a região pela Rua Águas Claras - Ascom/Marcos Sandes
A Prefeitura segue com obras que mudarão Araguaína para sempre, como a Via Norte, que tem metade da construção concluída. A etapa da nova avenida, que inicia nesta semana, conta com a demolição de pontes, sendo que três delas já foram interditadas. Elas serão reconstruídas em até 45 dias para restabelecer o trânsito, mas até lá a ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito) orienta sobre rotas que os motoristas podem usar como desvio.

As interdições nas ruas Vinte e Um de abril e Araguaia agora também chegaram na Rua Quinze de Novembro, no Setor Brasil, que teve a ponte sobre o Córrego Canindé demolida. “Todos os locais estão sinalizados e os motoristas devem estar atentos às obras e ao limite de velocidade, que nesses trechos é de 40 km/h, para evitar acidentes”, alertou o diretor de Engenharia e Planejamento da ASTT, Antônio Ferraz Júnior.

Quem usava a Rua Quinze de Novembro e as demais para acesso aos setores Neblina, Jardim Goiás, Brasil e outros ao longo da Avenida Campos Elísios, pode fazer o mesmo percurso pela Rua Águas Claras. No sentido inverso, com direção ao Centro, a passagem é pelas ruas Canindé e Confiança até a Rua Ademar Vicente Ferreira, que cruzará diretamente todo o centro comercial até a Via Lago.
 

Interdições

O diretor ainda explica que a previsão é realizar a reconstrução de duas pontes por vez. “Incluímos a ponte da Rua Quinze de Novembro também por sua vida útil estava comprometida, com as peças estruturais, tais como vigas e pilares de madeira, deterioradas”.
 

Infraestrutura completa

A Via Norte faz parte do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína, que prevê a implantação de asfalto e drenagem em vias, de bacias de detenção e vários parques urbanos e de preservação como o Nascente do Neblina, Raizal e São Miguel. Mais de 20 bairros serão atendidos com obras de infraestrutura, entre eles Universitário Leste, Alaska, Martins Jorge, Itatiaia e Dom Orione.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...