MENU

11/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 11/03/2021 às 00h00min

Familiares e amigos de jovem morto a tiros no residencial Dom Felipe Gregory pedem justiça

A manifestação pacífica aconteceu em frente à Regional de Polícia Civil

Dema de Oliveira
Familiares e amigos de Wallyson Deimison na manifestação - Foto: Divulgação/Hemerson Pinto
Familiares e amigos do jovem Wallyson Deimison se reuniram na noite de terça-feira (9) em frente à Delegacia Regional de Polícia Civil em Imperatriz, pedindo justiça. O jogador de futebol e auxiliar de serviços gerais foi assassinado no último sábado (6), no Residencial Dom Afonso Gregory. Até o momento ninguém foi preso.

A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) apreendeu a motocicleta usada pelos homens que assassinaram Walyson Deimson. O veículo foi abandonado pelos assassinos em um local ermo na Invasão do Bom Jesus, mesma área onde ocorreu o crime, tendo em vista que o veículo apresentou um problema mecânico. 

Pelo que já foi apurado até agora, Wallyson foi confundido com alguém que os criminosos estavam atrás para matar e acabou sendo a vítima.
 
O delegado Praxisteles Martins, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou a O PROGRESSO que as investigações desse caso já estão bastante adiantadas. “Apreendemos a motocicleta usada na perpetuação do crime, abandonada por defeito mecânico, já solicitamos a realização da perícia e acreditamos que muito em breve estaremos com tudo elucidado”.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...