MENU

05/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 05/03/2021 às 00h00min

Polícia Federal realizou a operação “Quarta Parcela” no Maranhão

A ofensiva ocorreu simultaneamente além do Maranhão, nos Estados do Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rondônia e São Paulo

Assessoria
Polícia Federal realizou mais uma operação no Maranhão - Foto: Divulgação
A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (4), mais uma operação com objetivo de identificar fraudes em benefícios emergenciais disponibilizados pelo Governo Federal para a população carente. A ação policial cumpriu 32 Mandados de Busca e Apreensão e 7 Mandados de Sequestro de Bens, perfazendo um total de mais de R$ 170 mil bloqueados por determinação judicial.

Iniciada nas primeiras horas da manhã a ofensiva teve o emprego de 117 policiais federais distribuidos pelos Estados do Maranhão, Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rondônia e São Paulo.

A operação policial foi fruto do trabalho conjunto da Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, Caixa, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União, instituições que participam da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE).

“Os objetivos da atuação conjunta e estratégica são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas que atuam causando prejuízos aos programas assistenciais e, por consequência, atingindo a parcela da população que mais necessita desses valores”, relata trecho de nota da PF.

Todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde são adotados pela Polícia Federal durante as ações em prol da sociedade.

Maranhão
No Estado do Maranhão, a operação ocorreu para cumprimento de Mandados de Busca e Apreensão na cidade de Pedreiras pela segunda vez, a primeira foi em dezembro de 2020.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...